A Copa das Copas!

Clique aqui e confira!

Murilo Bernardo

Conheça a história do homem que substituiu João Franco. Clique aqui e confira!

Os pés de manga vô Zé Lúcio

Artigo de Rainério sobre os causos se seu avô. Clique aqui e confira!

POEIRÃO 2014

Poeirão e o título de maior festa popular do Vale. Clique aqui e confira!

Um Ano de Saudades

Um Ano de Saudades do Meu Eterno Amigo Antonio Porcino. Por Su~enia Neves. Clique aqui e confira!

Prefeito Audiberg Alves abre o Poeirão 2014

O Prefeito Audiberg Alves da cidade de Itaporanga, recebeu na manhã desta quinta-feira (1º), várias lideranças políticas de todo Estado. Clique e Confira!

Um ano do prematuro falecimento de Antonio Porcino!

A um ano morria em São Paulo o Ex-prefeito Antonio Porcino. Clique e Confira!

Falta de conexão

Pedimos desculpas a nossos assíduos leitores pela falta de atualização nos últimos dois dias no Portal do Vale. Clique aqui e confira!

quinta-feira, 31 de julho de 2014

Prefeito Audiberg Alves reuniu com os agentes de endemias para implantação do piso salarial da categoria

O Prefeito Audiberg Alves se reuniu na manhã de hoje (31), em seu Gabinete com a Secretária de administração, Jailma Sousa, o Secretário de Gabinete, Welton Tomaz, com a Coordenadora de combate a endemias e chefe da vigilância ambiental do município, Juliana Maria da Silva Sales e alguns representantes dos agentes de endemias.

Na oportunidade foi discutida a implantação do Piso Salarial Nacional e diretrizes para o plano de carreira dos Agentes de Combate às Endemias. O prefeito Audiberg Alves tem levantado há tempos a questão do Piso Salarial, pois essa luta pelo piso vem acontecendo a cerca de 20 anos no município, com essa melhoria no salário da categoria, Audiberg mostrou que reconhece o belo trabalho prestado pelos servidores no município.

Considerando a aprovação da Lei nº 12.994/94, sancionada e promulgada pela Presidente da República, a qual instituiu o Piso Nacional dos Agentes de Combate as Endemias, fixado no valor de R$ 1.014,00, o município de Itaporanga, por meio do Gestor Municipal de Itaporanga, atendendo ao requerimento da categoria implantou o piso salarial de R$ 1.014,00, já agora neste mês de julho.

Josélio Soares falou na felicidade em ter o direto dos agentes de endemias reconhecido pelo Prefeito Audiberg Alves, já que essa luta pelo piso salarial vem de anos, “Estamos extremamente agradecidos ao Prefeito Audiberg Alves por ele ter reconhecido nosso direito, nós como agentes de endemias temos esse direito e queremos agradecer a ele por ter reconhecido isso, pois essa luta vem de muito tempo, são cerca de 20 anos lutando por esse piso salarial e estamos muito felizes com essa vitória e estamos agradecidos por essa administração que tem servido para mostrar que quando um administrador quer, ele faz pelo seu município.”, concluiu Josélio.

Dom José Gonzàles visita cidades do Vale do Piancó

O Bispo da diocese de Cajazeiras, Dom José Gonzàles Alonso cumpre agenda religiosa e anuncia visita às cidades de Conceição e Santa Inês, na região do Vale do Piancó, no início do mês de agosto.

Em Conceição, a visita de Dom José será no dia 4 de agosto [Domingo, Santo Cura D’Ars, Dia do Padre). Além de Conceição o bispo estará em Santa Inês no mesmo dia [nas duas cidades haverá crisma].

RadarSertanejo

Massacre extrai choro e ira na ONU contra EUA


Organização das Nações Unidas divulga que 80% dos 1,4 mil mortos por ataques de Israel na Faixa de Gaza são civis; porta-voz que atuava em hospital no qual 20 crianças foram mortas, ontem, em razão de bombardeios israelenses, cai em prantos durante entrevista à tevê Al Jazira; "Não somos burocratas sem coração", disse Christopher Gunness; em Nova York, alta comissária para Direitos Humanos denuncia apoio militar maciço do governo de Barack Obama para o regime do louco Benjamin Netanyahu; "Os EUA não apenas fornecem armamento pesado, como gastaram 1 bilhão de dólares no sistema antifoguetes de Israel, proteção que os civis de Gaza não têm", lembrou Navi Pillay; proteção de Obama a Netanyahu é indefensável moral e eticamente; vídeo

247 – A dramaticidade do massacre imposto pelo regime de Benjamin Netanyahu à população civil da faixa de Gaza cresce a cada dia. Nesta quinta-feira 31, a ONU divulgou oficialmente que 80% dos mais de 1,5 mil mortos entre os palestinos são civis, entre adultos e crianças. O morticínio entre palestinos vai despertando reações diferentes entre os executivos da ONU encarregados de estabelecer um cessar-fogo duradouro. Vai das lágrimas pelo que está acontecendo à ira contra o apoio dos Estados Unidos ao regime de Benjamin Netanyahu.

Em entrevista à rede de televisão árabe Al Jazira, Christopher Gunness, porta-voz da Agência das Nações Unidas de Assistência aos Refugiados da Palestina (UNRWA) caiu em lágrimas ao falar sobre o ataque, ontem, a uma escola usada pela ONU para abrigar palestinos. Pelo menos 20 pessoas morreram ali, a maioria crianças, e mais de cem ficaram feridas. A posição da escola para refugiados foi passada nada menos que 17 vezes para os militares de Israel, que, ainda assim, atingiram o alvo reconhecidamente civil.

— Eu acho que isso mostra que não somos apenas burocratas sem coração da ONU, nós temos coração, e, algumas vezes, eles quebram — disse.

A escola da ONU no campo de refugiados de Jabaliya, no norte da Faixa de Gaza, foi atingida por pelo menos três projéteis. Mais de três mil pessoas estavam no local no momento do ataque. Outra escola já havia sido alvo de bombardeio no dia 24 de julho, em Beit Hanun, matando cerca de 15 palestinos.

Do ponto de ético e moral, os Estados Unidos não têm como se livrar da responsabilidade pelo massacre praticado pelo governo israelense sobre os palestinos. Em Nova York, nesta quinta-feira 31, a alta comissária das Nações Unidas para os Direitos Humanos, Navi Pillay, denunciou o governo de Barack Obama por dar armamento ao exército israelense e não fazer o suficiente para deter a ofensiva contra a Faixa de Gaza.

- Os Estados Unidos têm influência sobre Israel e deveriam fazer mais para parar as mortes, para que as partes em conflito dialoguem", disse Pillay em entrevista coletiva. "Eles não só fornecem a Israel artilharia pesada usada em Gaza, mas gastou quase US$ 1 bilhão para proteger o país contra os foguetes palestinos. Uma proteção que os civis de Gaza não têm", prosseguiu ela.

- Os Estados Unidos também deveriam fazer mais para acabar com o bloqueio aos territórios ocupados. Deveria fazer mais para acabar com os assentamentos. Lembremos que os Estados Unidos votam contra, tanto no Conselho de Direitos Humanos como no Conselho de Segurança, todas as resoluções que condenam o bloqueio e os assentamentos".

O bombardeio a uma instalação da ONU foi criticada pelo governo norte-americano nesta quinta-feira. "O bombardeio a uma instalação da ONU que está abrigando civis inocentes que estão fugindo da violência é totalmente inaceitável e totalmente indefensável", afirmou o porta-voz da Casa Branca Josh Earnest a jornalistas.

Abaixo, vídeo com a emocionada entrevista do porta-voz Christopher Gunness e reportagem da Reuters sobre a declaração de Navi Pillay: 


Potências mundiais têm de responsabilizar Israel, diz comissária de direitos humanos da ONU

Por Stephanie Nebehay

GENEBRA (Reuters) - A principal autoridade da Organização das Nações Unidas (ONU) em direitos humanos disse nesta quinta-feira acreditar que Israel está deliberadamente desafiando a lei internacional com a ofensiva militar na Faixa de Gaza, e que as potências mundiais deveriam considerar o país responsável por crimes de guerra.

Israel atacou casas, escolas, hospitais e instalações da ONU em aparente violação às Convenções de Genebra, disse a alta comissária da ONU para Direitos Humanos, Navi Pillay.

"Portanto, eu diria que eles parecem estar sendo desafiadores... desafio deliberado de obrigações que a lei internacional impõe a Israel", disse Pillay a jornalistas.

"É por isso que eu digo uma vez, e outra vez, que não podemos permitir a impunidade, não podemos permitir que prossiga essa falta de responsabilidade", acrescentou.

Os militantes do Hamas na Faixa de Gaza também violaram a lei humanitária internacional ao disparar foguetes indiscriminadamente contra Israel, algumas vezes em áreas densamente povoadas, disse Pillay.

Ela também criticou os Estados Unidos, principal aliado de Israel, por não usarem sua influência sobre o Estado judeu para que interrompa a violência.

"Muitos dos meus comentários são direcionados aos Estados Unidos, já que são uma parte com influência sobre Israel, para que façam muito mais para pôr fim à matança, para que levem as partes à mesa de negociações. Eu também pedi o fim do bloqueio e o fim da ocupação."

Pillay disse ficar chocada com o fato de os EUA consistentemente votarem contra resoluções da ONU de condenação a Israel no Conselho de Direitos Humanos, Assembleia-Geral e Conselho de Segurança da ONU.

"Eles não só entregam armamento pesado que agora está sendo usado por Israel em Gaza, como também forneceram quase 1 bilhão de dólares para os Domos de Ferro de proteção dos israelenses de ataques de foguetes", disse ela. "Mas não forneceram o mesmo tipo de proteção para os moradores de Gaza contra os bombardeios."

O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, que enfrenta pressão internacional por conta do crescente número de baixas civis em Gaza, disse nesta quinta-feira que não aceitará nenhum cessar-fogo que impeça Israel de completar a destruição de túneis utilizados por militantes para invadir território israelense.

Altos funcionários em Gaza dizem que pelo menos 1.372 palestinos, a maioria deles civis, foram mortos no território, e cerca de 7.000 ficaram feridos. Do lado de Israel, 56 soldados perderam a vida em confrontos em Gaza e mais de 400 ficaram feridos. Três civis foram mortos por ataques de foguetes palestinos contra Israel.

O governo israelense diz que sua ofensiva tem como objetivo impedir o Hamas de continuar lançando foguetes contra seu território.

Pillay disse que, como Israel processou apenas quatro soldados israelenses por sua ofensiva de 2008/09 em Gaza, incluindo um militar acusado de roubo de um cartão de crédito, ela não espera que o país investigue adequadamente as violações cometidas durante os ataques aéreos e terrestres em Gaza, agora na quarta semana.

"Mas o direito internacional deixa claro que, quando um Estado é incapaz ou não tem interesse em realizar investigações e processos, o sistema internacional se aplica", disse.

Justiça anula acórdão que reprovou contas de Lúcia Braga e agora ela é ficha limpa

O juiz da 5ª Vara da Fazenda Pública da Capital determinou ao Tribunal de Contas do Estado que suspenda os efeitos do acórdão APL TC nº 0899/2011, que havia reprovado as contas de Lúcia Braga referentes a sua gestão à frente da FAC no ano de 2009. A deputada teve as contas consideradas irregulares mas o Tribunal não lhe concedeu direito de defesa, pois a citação para se defender foi recebida por uma terceira pessoa, quando deveria ser entregue a ex-gestora da FAC.

Vendo essa falha, o advogado Johnson Abrantes ingressou na Vara da Fazenda Pública com uma ação ordinária com pedido de liminar e o magistrado, após analisar as alegações do advogado, viu que ele tinha razão e determinou a suspensão dos efeitos do acórdão.

Com a anulação do acórdão, Lúcia Braga volta a ser ficha limpa e o TRE não terá outra alternativa a fazer a não ser deferir o seu registro de candidata a deputada estadual.

Blog do Tião

TRE define data para julgar candidatura de Cássio

O pedido de registro da candidatura de Cássio Cunha Lima ao governo do Estado será analisado na sessão da próxima segunda-feira pelo Tribunal Regional Eleitoral.

A data foi acertada pelo relator do processo, juiz Rudival Gama, com os advogados das partes envolvidas no caso.

Cássio teve a candidatura impugnada pela coligação do governador Ricardo Coutinho e pelo Ministério Público Eleitoral.

As teses defendidas no processo são relacionadas com a Lei da Ficha Limpa. Para o MPE, Cássio está inelegível em função das duas condenações que sofreu nos casos dos cheques da FAC e do uso do Jornal A União na campanha de 2006.

A coligação de Ricardo Coutinho também apresenta os mesmos argumentos para pedir o indeferimento do registro da candidatura do tucano.

Kleide Teixeira

Mãe de um filho pequeno e grávida novamente, itaporanguense faz um apelo

O que busca parece simples, mas para ela é muito importante

Por Isaías Teixeira/Folha do Vale - A jovem dona de casa Mayara Inácio de Sousa Mariano, de 19 anos, é uma das centenas de mães de família de Itaporanga em extrema pobreza e que estão fora do programa federal Bolsa Família. Mas a situação dela é ainda pior porque é uma mulher doente: sofre de epilepsia e as crises a impedem de trabalhar, segundo o que informou.

Sem nenhuma renda, com o marido desempregado, um filho pequeno e grávida de dois meses, Mayara, que mora no conjunto Chagas Soares, vive de doações feitas por pessoas que se sensibilizam com sua situação. Atualmente, ela está precisando de um vasilhame de botijão de gás. "O fogão eu já tenho, só falta o bujão”, disse ela, que já procurou a assistência social do município três vezes, a última delas nesta quinta-feira, 31, mas a resposta que recebeu, conforme a dona de casa, foi que a Prefeitura está sem recurso.

Sem ter onde cozinhar, ela depende dos vizinhos e, além do botijão, falta tudo em casa. Nessa manhã, ela procurou a fundação humanitária José Francisco de Sousa em busca de ajuda. Quem puder colaborar com a jovem mãe pode entrar em contato com a fundação pelo telefone 9929-1045 ou pelo e-mail folhadovali@yahoo.com.br

MAGNOLI SEGUE ISRAEL E CHAMA BRASIL DE ANÃO


Segundo o sociólogo Demétrio Magnoli, o Brasil converteu-se num anão diplomático desde que, 11 anos atrás, Lula inaugurou a sua “nova política externa”: “Lula conferiu à política externa as funções de promover o seu prestígio pessoal e de atender às idiossincrasias ideológicas do PT, contrabalançando no plano simbólico a ortodoxia do governo no terreno da economia”

247 – O sociólogo Demétrio Magnoli defende a ideia de que o Brasil é um anão diplomático, “não por dizer sempre coisas equivocadas, mas por carecer de credibilidade mesmo quando faz declarações corretas “. Segundo ele, esse legado vem do governo Lula. Leia:

Anão diplomático

É possível errar o chute e balançar as redes do gol. Enquadra-se nessa categoria dos erros certeiros o rótulo de “anão diplomático” pregado ao Brasil por Yigal Palmor, porta-voz da chancelaria de Israel. Um país não é um anão diplomático por dizer sempre coisas equivocadas, mas por carecer de credibilidade mesmo quando faz declarações corretas. O Brasil converteu-se num anão diplomático desde que, 11 anos atrás, Lula inaugurou a sua “nova política externa”. Palmor pode ser uma figura insignificante, o “sub do sub do sub do sub do sub do sub”, nas palavras gentis do assessor especial da Presidência para assuntos internacionais, Marco Aurélio Garcia, mas exprimiu em termos oficiais, pela primeira vez, o que é voz corrente nos meios diplomáticos internacionais.

A política externa constitui, de modo geral, uma esfera singular na qual os governos subordinam o jogo partidário doméstico a um certo consenso político que se costuma denominar interesse nacional. A marca da “nova política externa” lulista é a violação dessa regra. Desde que subiu a rampa do Planalto, Lula conferiu à política externa as funções de promover o seu prestígio pessoal e de atender às idiossincrasias ideológicas do PT, contrabalançando no plano simbólico a ortodoxia do governo no terreno da economia. Dilma Rousseff persistiu na linha de seu patrono, subtraindo apenas a primeira das funções (afinal, dois sóis não devem brilhar no mesmo firmamento). O produto final do desprezo pelo interesse nacional está sintetizado na expressão pouco diplomática de um “sub do sub do sub do sub do sub do sub” que não foi desmentida por nenhum de seus (supostos) seis chefes.

Nossa Constituição, no artigo 4.º, enumera os princípios que deveriam reger a política externa brasileira, esclarecendo o que são os interesses nacionais permanentes. A “prevalência dos direitos humanos” emerge, ali, como segundo princípio, antes da “não intervenção” nos assuntos internos de outras nações. Contudo, sob o lulismo, o Itamaraty acostumou-se a silenciar sobre as violações de direitos humanos cometidas por regimes autoritários “amigos”, invocando como pretexto o princípio da “não intervenção”. Cuba não será molestada por uma declaração brasileira se encarcerar ou fuzilar dissidentes, e a Venezuela nada ouvirá se utilizar um Judiciário submisso para cassar mandatos de opositores e aprisioná-los sem provas ou cercear as liberdades de expressão e imprensa. A exceção é Israel: no caso particular do Estado judeu, a “não intervenção” cede precedência à “prevalência dos direitos humanos”, numa oscilação de pesos e medidas típica de um anão diplomático.

A inconsistência tem o condão de destruir a credibilidade diplomática dos países que negociam princípios. O Brasil calou-se diante da anexação da Crimeia pela Rússia, violando os princípios constitucionais da “não intervenção” e da “igualdade entre os Estados” com a finalidade mesquinha de não desagradar a Vladimir Putin pouco antes da cúpula do Brics, em Fortaleza e Brasília. Pelo mesmo motivo, logo após o encerramento da reunião, fechou-se em constrangedor mutismo diante da criminosa derrubada da aeronave da Malaysian Airlines no leste da Ucrânia. O anão diplomático não distingue o certo do errado: age caso a caso, segundo tortuosas conveniências políticas e deploráveis tiques ideológicos. Figuras muito mais qualificadas que um representante da ultradireita do gabinete israelense têm motivos para repetir o epíteto humilhante escolhido por Palmor.

Na nota oficial divulgada pelo Itamaraty, o governo brasileiro condena “o uso desproporcional da força por Israel na Faixa de Gaza”, uma declaração precisa, embora incompleta. As leis de guerra obrigam os Estados a usar todos os meios para minimizar as vítimas civis dos efeitos de operações militares. Israel comete crimes de guerra ao bombardear cidades e campos de refugiados na Faixa de Gaza, uma área com estatuto de território ocupado, o que agrava os crimes. O anão diplomático não disse isso, mas por um motivo oportunista: a acusação precisaria se estender também ao Hamas, que lança foguetes desgovernados sobre Israel, e sistematicamente utiliza os civis palestinos como escudos humanos para seus militantes.

Palmor talvez seja seis vezes “sub”, mas falou em nome do governo de Israel. Marco Aurélio Garcia é “sub” uma vez só: tem status de ministro e opera como chanceler alternativo, algo como um comissário do lulopetismo para política externa. Não há, portanto, como duvidar da natureza oficial da declaração na qual caracterizou como “genocídio” a operação militar israelense na Faixa de Gaza. A palavra, escolhida com um propósito, é muito mais grave que a frase ofensiva de Palmor.

Genocídio é o extermínio deliberado de um povo. O massacre, deliberado ou não, de civis na Faixa de Gaza é um crime de guerra, mas não pode, nem de longe, ser classificado como genocídio. A Alemanha nazista praticou genocídio ao enviar milhões de judeus para as câmaras de extermínio durante a Segunda Guerra Mundial. A falsa acusação de genocídio é assacada regularmente contra Israel, desde a fundação do Estado judeu, por movimentos antissemitas de extrema-direita e extrema-esquerda. Por meio dela, fabrica-se um abominável paralelo entre Israel e a Alemanha nazista. A finalidade da manobra discursiva, como sabe perfeitamente Marco Aurélio Garcia, é negar a legitimidade da existência do Estado judeu. O anão diplomático rebaixa-se a um ponto extremo quando se refestela no pântano da delinquência ideológica antissemita.

É uma vergonha sem fim. Dilma Rousseff disse que, na sua “opinião”, não ocorre um “genocídio”, mas um “massacre” na Faixa de Gaza, deixando implícita a avaliação de que a seleção da palavra é uma questão de gosto. O anão diplomático simula desconhecer tanto o significado das palavras quanto o peso da história.

Curta Coremas inicia a sua 4ª edição, no Vale do Piancó

Nesta quinta-feira (31), a partir das 19h, no auditório do Colégio Santa Rita, começa a 4ª edição do Curta Coremas, no município sertanejo que leva o nome do festival audiovisual. A entrada é gratuita.

Após a cerimônia de abertura será exibida a Mostra Competitiva Panorama Brasil com os documentários Abraço de Maré, de Victor Ciriaco (RN), Marcelo, de Jéssica Lopes (SP), A Guerra dos Gibis, de Rafael Terpins (SP), e as ficções O Que Lembro Tenho, de Raphael Barbosa (AL), e Brasil, de Aly Muritiba (PR).

Já às 21h30 será apresentado o espetáculo Clown Bar, criado pela trupe paraibana Bufões de Olavo, onde quadros experimentais de linguagem cômica desfilam no palco.

Antes da cerimônia de abertura do Curta Coremas, o festival já mostrará seu espaço para o público infantojuvenil, às 9h, com sessão de curtas que envolvem a temática.

A partir das 14h, haverá também o cinema de horror com o 'Cine Arrupio': serão exibidos O Desejo do Morto, de Ramon Porto Mota (PB), O Que Aprendi com Meu Pai, de Getúlio Ribeiro (GO), e Carne, de Carlos Nigro (PE).

Audaci Junior

ELIMINAR CELULITE NAS COXAS


ELIMINAR CELULITE NAS COXAS A celulite é uma preocupação de grande parte das mulheres, até porque existem tantos fatores que podem provocar a celulite que é quase impossível controlar todos eles.

A celulite é uma preocupação de grande parte das mulheres, até porque existem tantos fatores que podem provocar a celulite que é quase impossível controlar todos eles.

 no entanto, possível seguir algumas indicações para evitar ao máximo o seu aparecimento, como é o caso da ingestão adequada de água (1,5 a 2 litros por dia), o bom funcionamento intestinal, a utilização de cosmética anti-celulítica ou mesmo alguns tratamentos preventivos em centros de estética existentes em todo o país.

A acumulação de celulite nas coxas é um problema que assombra grande parte das mulheres, seja para a sua eliminação ou mesmo para evitar ao máximo o seu aparecimento, até porque esta é uma das zonas mais importantes para as mulheres.

Assim, existem várias formas de eliminar celulite nas coxas, que devem ser sempre levadas em atenção e com muito cuidado, pois algumas delas requerem mudanças de hábitos e até a adaptação de novas regras do dia-a-dia que podem vir a causar alguns problemas futuros se não forem bem aplicadas.

Uma excelente forma de eliminar a celulite no corpo, principalmente nas coxas, é evitar ao máximo a ingestão de calorias nocivas, assim como a adaptação de uma dieta equilibrada e apropriada ao estilo de vida que leva diariamente.

Deverá ainda adotar a prática de exercício físico constante (pelo menos 2 vezes por semana), especialmente os exercícios que têm como intenção focar a gordura localizada na zona das coxas.

Se pretender, existem ainda procedimentos cirúrgicos que têm este objetivo final, porém os seus custos são elevados e por isso é importante que se informe junto de especialistas para encontrar a melhor solução para o seu caso.

Em suma, a celulite nas coxas é uma preocupação existente em praticamente todas as mulheres, porém existem algumas dicas que poderá seguir para eliminar ou mesmo prevenir o aparecimento de celulite.

corposaudavel.net

Indignação...Indigna nação!

Por: Aldo Ribeiro

Incrível a banalização das coisas no dias de hoje. Gratuidade sexual cada vez mais comum nos “zapp zapps” da vida, ali de forma instantânea e em tempo real. Violência e humor (sim, violência e humor!!) andam de mãos dadas numa comédia pastelão de quinta categoria, recheada de sangue-ketchup e vomitando diariamente de nossas televisões, acidentes e acidentados, assassinos e assassinados, desalmados e descamisados. É a raça humana e a coisas de Deus andando em sentidos opostos. E nós ali, no meio da cegueira.

Nossa capacidade de indignação também se esvaiu há bastante tempo na política. Que se dane as ideologias partidárias. Que se dane as trocas de ofensas de ontem, hoje a nossa luta é a mesma: a manutenção do poder. Quando pensamos já ter visto de tudo na nossa terrinha, eis que semana passada uma gravação é amplamente divulgada em portais e programas radiofônicos do estado, onde o prefeito de uma pequena cidade do interior da Paraíba afirma descaradamente o preço de seu apoio e o apoio de vereadores de sua base. Sem tirar nem pôr: 600 mil “cabelos”.

Ok, num primeiro momento a circunstância em que ocorreu a gravação talvez não seja a mais correta. Concordo. Em parte. Se contextualizarmos sob um prisma mais amplo, veremos que nesse caso os fins justificaram os meios. Senão, recapitulemos os fatos: o camarada é prefeito do PSB, partido do atual governador. Dias antes, esse prefeito declara apoio incondicional ao governador e elogia publicamente as várias ações do Estado no município do qual é prefeito. Fim de semana, esse prefeito some e não aparece num evento de campanha numa cidade do Brejo, ficando incomunicável. Dias depois, na maior cara-de-pau do mundo, aparece de mãos dadas com o candidato de oposição ao governo do estado. Nesse pequeno intervalo, entre apoio ao governador e a adesão a Cássio, rumores de rompimento súbito e sem motivo aparente já ecoavam nas hostes governamentais.  Diante de tantas evidências e vestido de desolação, restava ao PSB juntar as peças de um quebra-cabeça recheado de supostas traições, conchavos e negociatas. Apenas ter conhecimento da possível punhalada e ficar passivo seria muita apatia da parte do governo. Era preciso reagir. E é aí que os fins justificaram sim os meios. A falta de escrúpulos e a canalhice do personagem central da gravação é tão grande, que o mesmo teve a coragem de emitir nota à imprensa dizendo saber que se tratava de um “trote” e que estava apenas “brincando”. No fim das contas, repercutiu muito mais uma discussão infantil entre um radialista e um secretário do governo do Estado.

E eu pergunto: no que resultou tudo isso? E o povo, como reagiu?

Alguém me responde:  Hã? O que você perguntou? – Tô entretido com o “zapp zapp”, macho!

Vale a pena ouvir mais uma vez o áudio e refletir!

http://www.youtube.com/watch?v=hE1_1AI7pCU

TV Master promove na noite de hoje o primeiro debate entre candidatos: atenções estão voltadas para Cássio e Ricardo

O primeiro debate com candidatos ao Governo da Paraíba destas eleições acontece nesta quinta-feira (31), a partir 21h, e será transmitido pela TV Master e mediado pelo apresentador Alex Filho.

De acordo com a assessoria da emissora, todos os candidatos já confirmaram presença.


A sistemática do debate prevê que a maior parte do tempo será dedicada às perguntas livres entre os candidatos Ricardo Coutinho (PSB), Cássio Cunha Lima (PSDB), Vital Filho (PMDB), Tárcio Teixeira (PSOL), Major Fábio (PROS) e Antônio Radical (PSTU).

Além disso, ainda haverá um bloco com temas definidos pela produção da TV e outro com indagações dos telespectadores, via Twitter (@masterizando).

"O debate deve dar o tom da campanha. Os candidatos poderão expor se vão se dedicar mais à exposição de suas propostas ou se partirão para a crítica mútua", previu o diretor presidente da TV Master, Alex Filho. O debate também será transmito pelo internet no site www.tvmaster.tv e ainda por um pool de 15 emissoras de rádio espalhadas pelas principais cidades da Paraíba, a exemplo de Campina Grande, Guarabira, Patos, Sousa e Cajazeiras.

A sistemática do debate é a seguinte: Ação 1 - Saudação inicial; Ação 2 - Perguntas entre candidatos; Ação 3 - Perguntas dos telespectadores; Ação 4 - Perguntas entre os candidatos; Ação 5 - Perguntas entre os candidatos; e Ação 6 - Considerações finais.

Assessoria

GTE da Polícia Civil prende no Vale foragido da Justiça de Minas Gerais

Prisão foi na manhã desta quinta-feira na zona rural de Santana de Mangueira


Por Redação da Folha – Agentes do Grupo Tático Especial da Polícia Civil regional prendeu no começo da manhã desta quinta-feira, 31, o agricultor Valdy Gomes Diniz (foto), de 33 anos, acusado de um homicídio qualificado na cidade de Monte Santo de Minas (MG) no dia 29 de janeiro de 2005.

Com mandado de prisão preventiva decretado pela Justiça mineira, o acusado estava na casa dos pais, no sítio Poço dos Cachorros, município de Santana de Mangueira, onde foi preso. Ele ainda tentou fugir pela porta dos fundos, mas não houve escapatória. Os policiais cercaram a casa e o homem teve que se render.

Segundo a equipe do GTE, Valdy também responde por tráfico de droga e por uma tentativa de homicídio em Pedra Branca. Depois de preso, ele foi recolhido à cadeia de Conceição, de onde deverá ser recambiado para Minas Gerais. 

TRE-PB indefere 13 candidaturas a deputado estadual e federal; entre eles está um itaporanguense que não divulgou pretensão

O Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) indeferiu, em sessão realizada nesta quarta-feira (30), 13 pedidos de registro de candidaturas a deputados estaduais e federais.

De acordo com a assessoria de comunicação do Tribunal, a Corte Eleitoral entendeu, na maioria dos casos, que os candidatos não atenderam aos requisitos legais.

Não foram homologados 10 requerimentos para deputado estadual e três para cadidaturas a deputado federal.

Lista abaixo:
O tribunal apreciou 116 Requerimentos de Registro de Candidatura (RRC), sendo que 101 foram deferidos. Além disto, duas renúncias foram homologadas.

O TRE-PB também deferiu o Demostrativo de Regularidade de Atos Partidários (DRAP) pertencente à Coligação "A Vontade do Povo I", composta pelas legendas PSDB, PEN, PR, PTB, PSD, SD, PMN, PPS, PT do B, PTN, PRB, PSDC, PSC e PP.

Dentre os indeferimentos, houve candidato com dupla filiação partidária; não atendimento a requisitos legais de elegibilidade; não constar nome na ata de convenção partidária; e por pedido de requerimento individual fora do prazo previsto pela legislação eleitoral.

Foram indeferidas as candidaturas de Francisco de Lucena Maia, Leonilda da Silva Salustiano, Petronila Gonçalves de Barros, Shirlene de Lima Santos, Ana Marly Chianca de Gusmão, Nilton César da Silva, Josue da Silva Mota, Luiz Alberto de Castro, Filipe Gaudêncio Medeiros, Carlos Eduardo Costa Brandão, Raimunda Carneiro da Silva, Frank Steweson Faustino da Costa e a do itaporanguense Antônio Nosman Barreiro Paulo.

Já os pedidos de renúncia são dos candidatos Rodrigo Rafael Ferreira de Seixas e Ives Rocha Leitão.

G1

Polícia Militar prende dois pistoleiros e evita assassinato em Pedra Branca

Uma terceira pessoa que daria fuga aos criminosos também foi presa


Por Redação da Folha Uma ação providencial da Polícia Militar evitou o assassinato de um homem em Pedra Branca na tarde dessa quarta-feira, 30. Os dois pistoleiros foram presos em um bar da cidade quando se preparavam para executar o crime. A vítima seria um homem conhecido como Malagato, que trabalha na construtora que está executando a estrada Pedra Branca/Nova Olinda.

Ação da PM começou assim que o Copom do 13º Batalhão de Itaporanga recebeu uma ligação que dois homens estavam armados no Bar do Tejo, que fica nas proximidades da casa do homem que seria executado. Imediatamente, o destacamento de Pedra Branca foi acionado: o cabo C. Sousa e o sargento Severo efetuaram a prisão dos acusados, que estavam com dois revólveres calibre 38. Na delegacia de Itaporanga, Wellington Batista, de 40 anos, que reside em Fortaleza, e Gelis David da Silva, de 24, morador de Choro Limão, também no Ceará, revelaram todo o plano do crime, apontaram o contratante e disseram que receberiam 1.500 reais, uma moto e dois revólveres pelo assassinato.

No momento que eles estavam na delegacia, o telefone de um deles toca e um policial finge de ser um dos acusados e atende: é um homem que pergunta se deu tudo certo. O policial, então, responde que sim e eles marcam o local onde a dupla deveria ser apanhada pelo contratante. Instantes depois, é preso na entrada de Pedra Branca o motorista Juari Lima Ferreira, de 49 anos, que é de Russas, Ceará, e daria fuga aos dois em uma caçamba, que foi apreendida. Eles seriam deixados em um ponto da região de onde seguiriam em uma moto, que também foi encontrada.

Na delegacia, Juari confessou que havia contratado os pistoleiros a mando de um empresário conhecido como Raimundo Gago, que também é cearense e dono de uma construtora que está atuando em São José de Piranhas. O motivo do assassinato seria o caso amoroso entre Malagato e uma ex-mulher do empresário.

Os dois pistoleiros revelaram ainda que já haviam tentado matar o homem outra vez, foi na cidade paraibana de Mataraca no último dia 27, mas também não deu certo. Os três presos foram encaminhados para a delegacia de Conceição, onde será procedido o flagrante. 

Foto: trio está preso em Conceição, mas deverá ser recambiado para a cadeia de Itaporanga após a lavratura do flagrante.

Samu: ambulâncias terão medicamento para infarto

Uma portaria assinada pelo ministro da Saúde, Arthur Chioro, durante o IV Congresso Nacional do SAMU, nesta segunda-feira (28), prevê a inclusão do medicamento trombolítico nas ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU).

Com isso, as vítimas de infarto socorridas pelo serviço terão mais chances de sobreviver e ficar sem sequelas.

A estimativa é de que a incorporação reduza em 17% o número de óbitos por infarto. A portaria também prevê recursos financeiros para os municípios que aderirem à ação.

O Sistema Único de Saúde (SUS) registrou, em 2012, 84.157 mortes e 59.510 internações por infarto agudo do miocárdio. A expectativa é que, com o medicamento, o SAMU possa salvar até 8.368 pessoas por ano.

“Esse é um ganho importante para o serviço de urgência porque as doenças do aparelho cardiovascular são as que mais matam brasileiros hoje. Então, ter esse medicamento disponível representa a diferença entre a vida e a morte e melhora o prognóstico dos pacientes infartados que terão uma melhor qualidade de vida e menos sequelas”, enfatizou o ministro da Saúde, Arthur Chioro.

Trombolítico
No infarto, a artéria que irriga o coração fica obstruída. Com isso, o sangue não consegue levar oxigênio para o coração e o músculo cardíaco entra em necrose (morre), causando o infarto e podendo ocasionar uma parada cardíaca. 

O medicamento trombolítico desfaz a obstrução e a circulação no coração volta a acontecer, interrompendo o infarto e o uso precoce do medicamento reduz as chances de o infartado apresentar sequelas como a insuficiência cardíaca, que obriga o paciente a tomar medicamentos por toda a vida. Ou seja, além do benefício à população, a medida diminui o valor gasto com a compra de medicamentos que seriam utilizados em casos com sequelas.

JPB

Cássio lamenta que "questões do passado" sejam desenterradas na campanha


Em entrevista nesta quarta-feira(30), o candidato a governador da Coligação A Vontade do Povo, Cássio Cunha Lima, lamentou o fato de que boa parte do debate da atual campanha eleitoral seja pautado em questões passadas. “É inadmissível termos de enfrentar novamente esse tipo de problema à essa altura de nossa história”.

Em sua análise, Cássio destaca situações consideradas por ele inaceitáveis ocorridas recentemente na área de serviço público no Sertão do Estado e alguns atritos com instituições, a exemplo da Assembleia Legislativa.

Ele também afirmou que, quando foi governador, teve a sensibilidade de ‘atender à comunidade universitária e viabilizar a autonomia da UEPB’.

Tião Lucena

Pais procuram delegacia de Itaporanga para denunciar o próprio filho de apenas 14 anos

Eles descobriram que o filho escondia maconha em casa e entregaram droga à polícia


Por Redação da Folha - Um fato inusitado bateu à porta da delegacia de Itaporanga na manhã desta quarta-feira, 30. Um casal queria falar com o delegado e foi levado até a autoridade policial. Presa firmemente à mão, a mulher carregava uma sacola plástica e, diante do dr. Glêberson Fernandes, revelou o que guardava: 18 embrulhos de maconha que pertenciam ao seu filho, um garoto de apenas 14 anos, conforme apurou a Folhadovale-online.

A família reside na Rua Deocleciano Pereira Neves, em Itaporanga. A mãe contou que já tinha conhecimento que seu filho era envolvido com droga e desconfiou das entradas dele no muro de casa. No começo da manhã, durante uma faxina no local, ela descobriu a maconha e sua atitude foi imediatamente procurar a polícia junto com o marido. “Eu tive medo que a polícia aparecesse aqui em casa, descobrisse a droga e pensasse que a gente estava envolvida, por isso resolvi procurar a delegacia”, comentou a mãe, que também vinha sofrendo ameaça de morte por parte do menor.

Ela narrou ainda que seu filho era um menino bom e estudioso, mas, de um ano para cá, depois que se envolveu com droga, tornou-se agressivo. O garotou ameaçava a mãe constantemente e também quebra os troços de casa. “Quando ele pedia dinheiro que eu não tinha, quebrava tudo dentro de casa”, disse a mulher, que é mãe de outro filho.

Depois da presença dos pais na delegacia, os policiais civis começaram a diligenciar em busca do acusado: o adolescente foi apreendido e encaminhado à delegacia. Ele contou que, além de viciado, costumava comprar droga em Patos e trazer para revender em Itaporanga. O menor sofreu procedimento especial em face do flagrante e o delegado pediu seu internamento em um centro socioeducativo de Sousa, o que deverá ser referendado pelo Ministério Público e atendido pela Vara da Infância e Juventude.

Embora todo o sofrimento proporcionado pelo filho, a mãe não o despreza nem deixa de amá-lo: ela permaneceu ao lado dele a todo momento e chorou ao saber que ele deveria ser recambiado para Sousa. “Só saio daqui quando ele sair”, comentou emocionada durante contato com a Folha.

Candidatas do Miss Bumbum Brasil 2014 posam para primeiro ensaio oficial; veja fotos de bastidores

As candidatas fizeram as fotos de biquínis em um Estúdio de São Paulo nesta quarta.


A corrida para o Miss Bumbum Brasil 2014 terá início dia 11 de agosto. Nesta quarta-feira(30), as 27 modelos que representam os estados brasileiros, fizeram as fotos oficiais. Confira as fotos dos bastidores do ensaio que irá ao ar dia 11.


(Foto: Divulgação MBB4)

O site oficial do Miss Bumbum abrirá a votação dia 11 de agosto para a escolha do Miss Bumbum Brasil 2014. A escolha do bumbum mais bonito do Brasil começou em 2011, tendo Rosana Ferreira como a vencedora, em 2012, representando o estado do Pará, Carine Felizardo foi eleita e a famosa Andressa Urach ficou na segunda colocação, Dai Macedo levou o prêmio em 2013.

Por Léo Medeiros do RN EM REDE

Alho espanta até tumor!


O tempero encabeça a seleção de alimentos escalada pelo famoso oncologista francês David Khayat, do Hospital Pitié-Salpêtrière, em Paris, para diminuir o risco da doença. Segundo o professor, o tempero defende principalmente o estômago, os rins e o intestino. Ele tem um antioxidante poderoso, a alicina. Essa substância estimula o sistema imune a detectar e destruir células cancerosas e ainda pode induzir o suicídio dessas unidades defeituosas. Aproveitamos melhor a alicina quando o alho chega ao prato cru, mas a versão cozida ainda agrega pitadas dela. 

Para conhecer outros alimentos que compõem a dieta anticâncer, leia a edição de julho da SAÚDE! Já nas bancas e nos tablets: http://abr.ai/UtuIm6

saúde é vital

Dicas e Cuidados Básicos com o Cultivo das Rosas

Quem planta ou recebe rosas deseja mantê-las vivas e floridas por muito tempo, mas para que isso seja possível, alguns cuidados básicos precisam ser tomados.

Poda:


A primeira poda deve ser feita após um ano do plantio e ser repetida todos os anos. O melhor período para podar as roseiras é entre julho e agosto. Após a primeira floração, é necessário fazer uma poda de limpeza, cortando de duas a três folhas abaixo do botão, sempre na diagonal. As podas são necessárias para que as roseiras sempre floresçam e se desenvolvam bem.

Pragas existentes:


As pragas mais comuns são pulgões e, seguidos a eles, os ácaros, tripes, larva minadora e cochonilha. O controle dessas pragas é feito por inseticidas específicos, mas também pode ser usada a calda de fumo, que é caseira e menos tóxica. Os principais causadores de doenças graves nas roseiras são os fungos, como míldio, pinta preta, mofo-branco, Botrytis e ferrugem, que aparecem devido ao excesso de umidade. Para combatê-los, podem ser usados fungicidas específicos, preferencialmente com a orientação de um profissional.

Cuidados básicos:

Após o plantio das mudas até a primeira floração, deve-se regar todos os dias. Depois disso, é preciso regar duas vezes por semana no inverno e duas vezes por semana na seca. A terra deve ficar um pouco seca entre uma rega e outra.

Temperatura e ambiente ideais:


As roseiras precisam estar localizadas em um local ensolarado (pelo menos de 6 a 7 horas diárias de incidência solar direta) e bem arejado. A temperatura ideal para mantê-las é entre 25 e 30°.

Adubação:


Recomenda-se fazer de 2 a 3 adubações anuais, primeiro logo após a poda anual, segundo entre novembro e dezembro e terceiro entre janeiro e fevereiro. A melhor adubação é a orgânica, feita com esterco animal, composto orgânico, farinha de ossos e torta de mamona. Deve-se espalhar o adubo com uma boa distância entre o caule e as raízes. Na primeira adubação o ideal é que a rega seja feita duas vezes por semana, até o surgimento das flores; depois só é preciso regar uma vez por semana.

Reprodução:


As rosas que se encontram no mercado são quase todas cruzamentos entre espécies diferentes. Existem dois métodos de reprodução de rosas, que são o de estaquia, que é muito ineficiente, por causa da baixa capacidade de enraizamento das plantas; e o de borbulhia, que é o método mais usado para a produção de uma planta.

Curiosidades:

Atualmente existe uma variedade muito grande de espécies de rosas, algumas de apenas 45 cm de altura, o que torna possível plantá-las em pequenos canteiros ou vasos.

Como cultivar rosas:

As roseiras devem ser plantadas em solo rico em húmus e preferencialmente argiloso. As covas devem ter 30 cm de profundidade. Aos poucos, preencha a abertura com terra inicialmente em torno da raiz. Regue sempre quando o sol estiver mais forte, ao meio-dia, até começar a floração. A partir daí, regue somente em períodos de seca. Recomenda-se aplicar fungicidas quando a primeira folha apontar, pois a incidência de doenças é maior.

Como cultivas rosas em vasos:

O tamanho do vaso deve ser proporcional ao porte da roseira. Aplique um adubo líquido a cada 15 dias, seguindo as doses indicadas pelo fabricante.

Como cultivar rosas no jardim:


Prepare o canteiro oito dias antes de iniciar o plantio. Use 10 litros de terra vegetal natural e 10 litros de esterco de gado ou cavalo por no mínimo 60 dias. Coloque 100 gramas de farinha de ossos e misture bem. Remexa bastante a terra até 30 a 40 cm de profundidade. Repita a adubação no inverno e no verão e sempre tire o mato do canteiro.

Erros comuns no cultivo de rosas:


Excesso de rega;
Uso de água fria para regar (o ideal é água a temperatura ambiente);
Mudança de lugar das plantas, enquanto elas ainda estão se adaptando;
Uso excessivo e sem instrução de inseticidas.

blog.giulianaflores.

quarta-feira, 30 de julho de 2014

PRE/PB representa contra Veneziano Vital e José Maranhão por propaganda antecipada

Ministério Público quer pagamento de multa de 25 mil para cada. Tempo de propaganda partidária do PMDB foi integramente usado para enaltecer atuação deles como prefeito e governador

A Procuradoria Regional Eleitoral na Paraíba (PRE/PB) apresentou representação contra Veneziano Vital do Rêgo Segundo Neto e José Targino Maranhão, por propaganda eleitoral antecipada, ao Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB). O Ministério Público quer eles sejam condenados ao pagamento de multa de R$ 25 mil (para cada) por terem realizado propaganda eleitoral antes do dia 6 de julho, prazo a partir do qual a lei permite a promoção de candidaturas.

A propaganda antecipada ocorreu em programas do Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB), veiculados no rádio e na televisão, para toda a Paraíba, em horários nobres e em dias diversos, no período de abril a junho de 2014.

Segundo a PRE/PB, houve desvio de finalidade nos programas partidários quando o tempo destinado à divulgação de ideias do partido foi integralmente utilizado para promover a imagem dos representados, veiculando as realizações de Veneziano Vital como prefeito de Campina Grande e de José Maranhão enquanto governador da Paraíba. “Em que pese a possibilidade de participação de governantes e de parlamentares em propagandas partidárias, o desempenho do filiado na condução de programas ou à frente da gestão pública deve ser explorado de forma a observar os princípios e o ideário da agremiação para que não se caracterize promoção pessoal”, ressalta o procurador eleitoral auxiliar José Godoy Bezerra de Souza, que assina a representação.

Nas eleições deste ano, Veneziano Vital e José Maranhão são candidatos aos cargos de deputado federal e senador, respectivamente. Para o Ministério Público, é inegável que os programas veiculados pelo PMDB foram usados com a finalidade específica de lançar, prematuramente, a candidatura dos representados.

A representação foi ajuizada ontem, 29 de julho de 2014. Agora, eles serão notificados para apresentar defesa em 48 horas. Logo após, a Justiça Eleitoral proferirá a decisão em 24 horas. Na Justiça Eleitoral, os prazos também correm nos finais de semana.

* Íntegra da representação

Blog do Tião

Em Boa Ventura, parede do cemitério está prestes a cair. Vejam o tamanho do descaso

Queixa é do vereador Micoca


Por Isaías Teixeira/Folha do Vale - O vereador oposicionista de Boa Ventura, Micoca Jacinto, trouxe à redação da Folha nessa terça-feira, 29, mais uma denúncia contra a gestão da prefeita Leonice Lopes, desta vez relacionada ao cemitério público municipal. É que a parede direita da frente do campo-santo está prestes a cair, mas a Prefeitura continua fazendo vistas grossas para o problema, segundo ele. A estrutura apresenta rachaduras provocadas pela colisão de um carro oficial do próprio município ocorrida há cerca de três meses.

Embora já tenha passado muito tempo do acidente, a Prefeitura não se preocupou em reconstruir a parede do cemitério, que fica no centro da cidade, podendo desabar a qualquer momento e vitimar fatalmente quem passa pela rua da necrópole ou quem vai enterrar algum parente, conforme afirmou o vereador.

O parlamentar mirim disse que, em respeito à população local e aos seus falecidos, a Prefeitura já deveria ter reconstruído a parede, “até porque é um custo barato e só depende da boa vontade da gestora”.

Ele enfatiza que o cemitério é o lugar onde está sepultada boa parte da história de Boa Ventura, fazendo referência aos ex-prefeitos lá sepultados, a exemplo de Antônio Alvarenga e Cláudio Arruda, cujos restos mortais também descansam na casa dos falecidos. 

Como limpar carpetes e tapetes

Café -  Absorva o excesso com um pano, e esfregue uma pedra de gelo sobre a mancha até que ela saia totalmente.

Açúcar – Limpar com água morna

Alimentos – Limpe com uma esponja cheia de espuma de sabão de coco. Remova a espuma com água e pano limpo, secando bem.

Doces e balas – Esfregue uma esponja molhada com uma solução de água e álcool

Manchas de gorduras, óleos – Embeba o local com álcool e polvilhe bastante talco, deixe até o dia seguinte, passando um aspirador de pó.

Água de Boqueirão dá pra abastecer Campina e vizinhança até setembro de 2015


O açude Epitácio Pessoa, reservatório que comporta 411 milhões de metros cúbicos e está com 29,9% da capacidade, tem condições de abastecer Campina Grande e cidades vizinhas até setembro de 2015. É o que indica um estudo realizado pela Agência Nacional das Águas (ANA), em parceria com Agência Executiva de Gestão das Águas da Paraíba (Aesa) e o Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs).

De acordo com o presidente da Aesa, João Vicente Machado Sobrinho, o resultado apontado na simulação de consumo só será possível se forem mantidos os pressupostos operacionais preconizados pela ANA, que opera o açude com o auxílio da Aesa e Dnocs. O cálculo simula uma situação sem recargas durante esse período, ou seja, se chover, o tempo de abastecimento deve ser ampliado, explica o gestor.

“Diante do prolongamento da estiagem, tomamos uma série de providências para garantir o abastecimento de Campina Grande e cidades vizinhas. Em parceria com outros órgãos, conseguimos a proibição da irrigação, intensificação da fiscalização sobre os irrigantes, suspensão da liberação de outorgas e ações de combate ao desperdício. Além disso, a Cagepa adotou importantes medidas de redução de perdas e conseguiu reduzir seu consumo de 1,5 metros cúbicos por segundo para 1,23”, destacou João Vicente.

Segundo a Aesa, o estudo comprova que o trabalho em conjunto resultou, no ano passado, em uma redução de 40% no consumo da água do açude localizado na cidade de Boqueirão. Em 2013 o reservatório teve uma diminuição de 68 milhões de metros cúbicos no seu volume total. Já em 2012 foram gastos 115 milhões de metros cúbicos e em 2011 a extração chegou a 117 milhões de milhões de metros cúbicos.

“Colocados em um gráfico, esses números apontam de forma clara a diminuição no consumo. Percebe-se que a mudança de postura adotada no início de 2013 contribuiu de forma significativa para o melhor aproveitamento da água de Boqueirão. E ainda hoje, no que cabe ao Governo do Estado, todas as medidas para promover um gerenciamento eficiente da água estão sendo tomadas”, acrescentou João Vicente.

Tião Lucena