segunda-feira, 4 de dezembro de 2017

Imagem do Dia: a caatinga já sedenta e os últimos prognósticos sobre chuvas em 2018


Por Redação da Folha – Final da tarde deste sábado, 2, em uma área rural a seis quilômetros de Itaporanga. Os efeitos da falta de chuva dos últimos meses já são sentidos na vegetação sertaneja. Sai o verde e a caatinga veste-se de cinza. A falta de pasto e água para o rebanho já é sentida em muitos lugares, mas a expectativa para a temporada chuvosa do próximo ano é animadora.
            
Conforme os meteorologistas, apesar das constantes oscilações térmicas dos oceanos, há possibilidade de uma ocorrência duradora do fenômeno La Niña, que se caracteriza por resfriamento das águas do Pacífico e um dos principais efeitos da queda na temperatura dessa água oceânica, especialmente em sua parte equatorial, é chuva acima da média no interior nordestino. Se esse prognóstico se confirmar, 2018 poderá ser de muita chuva no sertão, que vem sendo castigado desde 2011 por secas sucessivas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou da matéria... Comenta, vai!