segunda-feira, 4 de dezembro de 2017

FALTA DE FERRO. CANSAÇO, PALIDEZ, FALTA DE AR SÃO SEUS PRINCIPAIS SINTOMAS


Dados da Organização Mundial de Saúde (OMS) confirmam: a deficiência de ferro é um problema de saúde generalizado, afetando cerca de um terço da população mundial. A deficiência de ferro é pouco reconhecida, muitas vezes não diagnosticada e negligenciada, apesar de ser um dos principais responsáveis pela anemia.

Por: Equipe Saúde 247

Cansaço, palidez, queda de cabelo, falta de ar, intolerância ao frio. Estes são alguns dos sintomas mais comuns dos doentes com anemia, mas que facilmente passam despercebidos ou são confundidos com outras doenças. Esta dificuldade traduz-se na falta de diagnóstico dessa patologia, que afeta cerca de uma terça parte da população mundial. Estes são alguns dos dados de um estudo pioneiro sobre esta doença divulgado nesta quarta-feira e que mostra que a realidade é mais preocupante do que a traçada pela Organização Mundial de Saúde, que apontava para 15%.

O estudo Empire, feito pelo Anemia Working Group Portugal (AWGP) com o apoio do laboratório português OM Pharma, contou com entrevistas presenciais e análises feitas em 2013 a 7890 pessoas com mais de 18 anos, e traça um cenário que preocupa os especialistas. “A anemia é uma epidemia, com uma característica muito especial que é ser uma epidemia oculta. O que sabemos dela é provavelmente muito menos do que a sua
realidade, quando muitas vezes é um sinal de alerta para uma patologia subjacente grave”, explicou Antônio Robalo Nunes, presidente do AWGP e imuno-hemo-terapeuta do Centro Hospitalar Lisboa Norte.

Anemia pode ser negligenciada pelos próprios médicos
A anemia condiciona de forma inegável a qualidade de vida dos doentes. Para começar, existem diferenças associadas ao sexo (20,8% das mulheres com anemia contra 18,9% dos homens), à baixa escolaridade e à idade, com a maior prevalência a acontecer entre os 18 e os 34 anos e, depois, acima dos 75 anos.

Muitas vezes desvalorizada pelos médicos, a anemia é a diminuição da concentração de hemoglobina, do número de glóbulos vermelhos no sangue, e com isso fica comprometida uma das mais nobres missões, que é a capacidade de transporte de oxigênio. As consequências para o doente são muitas e de vários tipos, inclusive em termos de desempenho cognitivo.

Metade dos casos de anemia são por carência de ferro. Segundo o referido estudo Empire, 52,7% de todos os casos de anemia são resultado de uma deficiência de ferro. Quando esta se instala, significa que o ferro é insuficiente para dar resposta às necessidades do organismo, uma vez que este é essencial para o funcionamento saudável de todo o corpo, incluindo coração, músculos e glóbulos vermelhos, com impacto também ao nível da saúde mental - a OMS reconhece a existência de uma redução de 30% no rendimento do trabalho e do desempenho físico em homens e mulheres com deficiência de ferro.

Sintomas mais comuns
O estudo Empire revelou ainda que 84% dos afetados desconhecem que sofrem de anemia, com apenas 2% dos inquiridos a fazer tratamento no momento do inquérito. Uma situação que resulta do desconhecimento dos sintomas, tornando o diagnóstico um verdadeiro desafio. E isto porque, de fato, alguns destes sintomas são vagos ou podem ser confundidos com várias outras condições clínicas. É o caso da fadiga generalizada, unhas frágeis, perda de cabelo ou síndrome das pernas inquietas, falta de ar, maior suscetibilidade para infeções, aftas ou dores de cabeça.

Os especialistas dizem que como regra geral as pessoas que sofrem de carência de ferro e anemia não costumam valorizar os sintomas da síndrome. É o que acontece, por exemplo, com o cansaço inexplicável, o sintoma mais comum a todos os quadros de anemia, que é sempre desvalorizado. E porque isso acontece, as pessoas não se queixam e acabam por se habituar a viver com a anemia, até que esta atinja níveis de gravidade elevados, precipitando situações prévias de doença que se tornam mais difíceis de controlar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou da matéria... Comenta, vai!