quinta-feira, 21 de dezembro de 2017

Agradecimento da Dra. Thais Bezerra Ventura pelo Título de Cidadã itaporanguense


Meu nome é Thaís Bezerra Ventura, nascida em 01/06/1984 na cidade de João Pessoa. Morei durante a primeira infância em Coremas e vim para Itaporanga aos 05 anos de idade. Aqui cresci, estudei, fiz amigos e me estabeleci... Me formei médica em 2010 pela Faculdade de Ciências médicas da Paraíba. Em 2014 concluí o programa de residência médica em anestesiologia pelo Centro de Ensino e Treinamento Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena. Meu trabalho de conclusão de curso foi Raquianestesia Unilateral para Herniorrafia Inguinal. Estudo que me deu bastante notoriedade no cenário paraibano e nacional, culminando com o reconhecimento mais honroso que foi receber o título de cidadã itaporanguense. Mas que técnica anestésica é esta e qual a sua importância?

A grosso modo, raquianestesia é uma técnica que consiste na injeção de anestésico na medula. O contato deste anestésico com as raízes nervosas promove anestesia da cintura para baixo. Na residência médica, tive contato com alguns anestesistas que realizavam a técnica de forma unilateral para cirurgias nas pernas. Eram injetados metade da dose usual e mantinha-se o paciente deitado de lado por 15 minutos. Esta feita era de grande valia, pois sabemos que a diferença entre o veneno e o remédio é apenas a dose. Pois bem, quanto menor a dose, menos efeitos colaterais. Sempre observei e fiz essa anestesia para cirurgias dos membros inferiores, mas ficava com aquela pulga atrás da orelha: Por que não daria certo também nas cirurgias abdominais?

E esse foi o objetivo do meu estudo: durante um ano realizei raquianestesias unilaterais em pacientes submetidos a cirurgias de hérnias da parede abdominal unilateral, técnica nunca antes estudada (inédita). Comparei dois grupos: técnica convencional X técnica unilateral e provei ser esta última a melhor para os pacientes promovendo menor hipotensão, menor bradicardia, menor tempo de recuperação da anestesia, alta hospitalar mais precoce e maior satisfação dos usuários.
Em 2018, esse estudo terá continuidade. Será multicêntrico (realizado em vários hospitais) e testado com outras drogas anestésicas com posterior publicação em revistas científicas nacionais e internacionais.
Além das pesquisas no campo da anestesiologia, darei continuidade ao trabalho desenvolvido no Programa Saúde da Família, pois acredito que na atenção primária poderemos resolver 90% dos problemas de saúde da população.

Itaporanga, obrigada pelo reconhecimento. Sua mais nova filha promete retribuir com muita pesquisa, estudo e trabalho em prol dos conterrâneos!



O portaldovale parabeniza aquela que exerce sua profissão de forma honrosa e com toda dedicação, amor e responsabilidade sem olhar a quem. Seu nome se resume em duas palavras COMPETÊNCIA e HUMILDADE

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou da matéria... Comenta, vai!