segunda-feira, 27 de novembro de 2017

Colunista social denuncia descaso da PMJP com a Estação Cabo Branco: “é preciso mais cuidado”


Considerado um mais renomados dos colunistas sociais da Paraíba, o jornalista Abelardo Jurema está denunciando o descaso com qual a Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) tem tratado a Estação Cabo Branco – Ciência, Cultura e Artes, localizada no Altiplano.

Na edição deste sábado (25) do Jornal Correio da Paraíba, Abelardo usou sua coluna diária para denunciar a situação de abando em que se encontra a obra projetada pelo arquiteto Oscar Niemeyer.

“A Estação Ciências Cabo Branco está merecendo cuidados. O projeto original de Oscar Niemeyer vem apresentando problemas que se agravam com a falta de manutenção adequada”, alertou o colunista social.

De acordo com Abelardo, turistas têm denunciado o estado de abandono em que se encontra a Estação Cabo Branco e cobrou mais zelo por parte da gestão do prefeito Luciano Cartaxo (PSD).

“Turistas que visitam o monumento que transformou a área do ponto extremo oriental das Américas tem observado que é preciso mais cuidado com aquele patrimônio público”,
pontuou.

Essa não é a primeira vez que o equipamento arquitetado Niemeyer vira alvo da imprensa. No início de junho deste ano, a TV Cabo Branco exibiu longa reportagem retratando os problemas detectados no equipamento.

Nota postada por Abelardo em sua coluna no Jornal Correio

“Vidros da estrutura estão quebrados, paredes com lodo escorrendo, piso quebrado, segundo andar da torre interditado para manutenção – mas sem obras -, infiltrações e falta de limpeza nas obras de arte expostas ao ar livre”, descreveu a reportagem da Cabo Branco.

À época em que a reportagem foi exibida na TV, a diretora da Estação Cabo Branco, Marianne Goés, responsabilizou às empresas terceirizadas pelos problemas retratados na matéria.

Saiba mais
A Estação Ciências foi projetada pelo arquiteto Oscar Niemeyer e inaugurada no dia 3 de julho de 2008 pelo então prefeito de João Pessoa, Ricardo Coutinho (PSB). O complexo possui mais de 8.500m² de área construída no bairro do Altiplano Cabo Branco.

O equipamento tem a missão de levar cultura, arte, ciência e tecnologia à população de forma gratuita. A Estação Cabo Branco recebeu esse nome por meio de votação popular. Horário de funcionamento: Terça à sexta-feira – 9h às 18h. Sábados, domingos e feriados – 10h às 19h.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou da matéria... Comenta, vai!