segunda-feira, 27 de novembro de 2017

Caixa d'água que botou Itaporanga na cena nacional foi apreendida a mando da Justiça


Por Redação da Folha – Por determinação do juiz eleitoral de Itaporanga, Antônio Eugênio, policiais civis localizaram e apreenderam, na tarde dessa quinta-feira, 23, uma caixa d’água de 5 mil litros, que foi deixada na parte externa do fórum local e está à disposição da Justiça.
            
A caixa d’água, que foi instalada em setembro do ano passado em uma área do loteamento Balduino de Carvalho para servir aos moradores, foi retirada do local dias atrás pelo próprio dono do equipamento, o ex-vereador Joaquim Salviano, do PMDB, que alegou estar necessitando da caixa.
            
Como a retirada do equipamento foi gravada por um morador, as imagens ganharam as redes sociais e também repercutiram na imprensa nacional, causando muita polêmica por se tratar de um fato  inusitado. Ao tomar conhecimento do documento audiovisual, o juiz da 33ª Zona Eleitoral determinou que a Polícia Federal investigue o caso e, imediatamente, ordenou a busca e apreensão da caixa, principal objeto que vai embasar o inquérito. 
            
O juiz vê indícios de crime eleitoral no fato, uma vez que, conforme o magistrado, o proprietário da caixa disputou a reeleição para o cargo de vereador no pleito municipal do ano passado pela coligação Por Amor a Itaporanga, e não obteve êxito, interrompendo uma carreira política de várias décadas, mas seu partido conquistou a Prefeitura. Joaquim, que tem 76 anos, conseguiu 386 votos nas eleições de 2016. Foto: caixa foi apreendida e se encontra ao lado do fórum da cidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou da matéria... Comenta, vai!