sábado, 28 de outubro de 2017

Sede da Emater de Itaporanga é arrematada por preço mínimo e órgão vai para endereço provisório


Por Redação da Folha – O leilão para a venda do prédio que sedia a Emater de Itaporanga, órgão de extensão e apoio ao campo, vinculado ao governo estadual, foi realizado na manhã desta quinta-feira, 26, mas apenas um comprador demonstrou interesse pelo prédio e compareceu para oferecer proposta.
                
No entanto, como não houve concorrência, o imóvel, que tem 287 m2 e fica localizado na Avenida Getúlio Vargas, foi arrematado pelo preço mínimo apresentado pelo governo: R$ 328.014,43. Segundo informações dos responsáveis pelo leilão, o prédio foi adquirido por um filho do empresário Luiz Carnaúba e terá 15 dias para quitar a compra.
                
Agora sem a sede onde funcionou durante boa parte do tempo em Itaporanga, a Emater vai para um endereço provisório: ocupará duas salas em um prédio da Secretaria Estadual de Agricultura, nas proximidades da escola estadual. O órgão tem um terreno no bairro João Silvino, mas não se sabe quando o governo terá interesse de construir a nova sede.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou da matéria... Comenta, vai!