segunda-feira, 16 de outubro de 2017

Em Emas, Prefeitura gastou mais com consultoria do que com obras. Vejam valores

Por Redação da Folha – Algumas Prefeituras regionais têm gastado exageradamente com consultoria, um tipo de serviço de pouca ou nenhuma utilidade para a população e que, em muitos casos, serve para mascarar gastos não relacionados à coisa pública.
          
Em Emas, por exemplo, entre janeiro e agosto deste ano, conforme o que publicou o Tribunal de Contas do Estado, a Prefeitura empenhou valores que ultrapassam 160 mil reais em pagamento por Serviços de Consultoria. Já com Obras e Instalações, iniciativas que beneficiam diretamente a população, foram gastos apenas 111 mil reais no mesmo período.
            
Em oito meses deste ano, entre janeiro e agosto, a Prefeitura de Emas movimentou pouco mais de 6 milhões e 600 mil reais, dos quais 3 milhões e 800 mil reais foram para o pagamento de funcionários. O município tem quase 100 servidores entre comissionados e temporários, que são de livre escolha do gestor. Ao todo, são 296 funcionários, com uma despesa mensal de meio milhão de reais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou da matéria... Comenta, vai!