segunda-feira, 18 de setembro de 2017

Sem condições de trabalho, presidente do Conselho Tutelar de Igaracy entrega cargo e deixa recado


Por Redação da Folha – O conselheiro tutelar Damião Nunes renunciou ao cargo de presidente do Conselho Tutelar de Igaracy e explicou os motivos de sua decisão. Conforme ele, a Prefeitura, na atual gestão, simplesmente abandonou o órgão de defesa dos direitos da criança e adolescente.
            
De acordo com Damião, o conselho está funcionando em um prédio totalmente desestruturado e até sem sanitário, obrigando os conselheiros e pessoas em solução de conflitos presentes no local a deixar a sede do conselho para fazer suas necessidades fisiológicas em outros lugares.
            
Segundo ainda Damião, o conselho também não dispõe de um computador funcionando para a produção dos documentos necessários para o desenvolvimento de suas atividades. O carro da instituição também está sem condições de tráfego por causa dos pneus e outros problemas, colocando em risco a vida dos conselheiros e das próprias crianças e adolescentes transportados.
            
Damião Nunes diz que encaminhou diversos ofícios para a Prefeitura pedindo a solução dos problemas, mas, passados meses e sem nenhuma resposta do prefeito Lídio Carneiro, o conselheiro resolveu renunciar ao cargo pela falta de condições mínimas de trabalho, mas só anunciou sua renúncia depois de comunicar sua decisão oficialmente ao Ministério Público.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou da matéria... Comenta, vai!