domingo, 10 de setembro de 2017

Sal Moretti pode ser 1ª pastora trans do país e diz que fé a ajudou

"Quero que outras pessoas se sintam como eu: respeitadas por serem quem são"

Sal Moretti pode ser 1ª pastora 

Transformação não é algo novo para Sal Moretti, de 34 anos. A soteropolitana radicada no Rio de Janeiro "transformou" o visual de celebridades como Hebe Camargo, Anitta, Preta Gil e Ana Maria Braga, por cerca de 16 anos. A ex-maquiadora, que embarcou no processo de alterar a si própria e mudar de gênero, pode se tornar a primeira pastora trans do país. Segundo Sal, a força para aceitar a própria identidade surgiu há cerca de dois anos, quando se sentiu aceita pela Igreja Pentecostal Anabatista, no Rio de Janeiro.

"Não me importa o título que venha a ter. Hoje já tenho meu ministério, vou aos encontros de jovens. Não levanto a bandeira LGBT ou a bandeira evangélica. Levanto a bandeira do ser humano. Quero que outras pessoas se sintam como eu: respeitadas por serem quem são", esclareceu em entrevista ao Extra.

Antes da aceitação, a soteropolitana radicada no Rio de Janeiro confessa que tentou se matar. "Subi a Pedra da Gávea e iria me jogar, até que ouvi uma voz e achei que estivesse louca mesmo", relembra. Conforme a ex-maquiadora, a relação com Deus começou ainda nova, aos 9 anos. "Achei Jesus o máximo. Jesus não excluí ninguém".



O último evento público no qual apareceu como homem, de barba e paletó, foi o casamento de Preta Gil, do qual foi padrinho. Depois disso, a aspirante começou a mudar. No processo, ela lembra da rejeição que sentiu em outras igrejas. "Fui bem tratada em todas, mas não para ficar, para frequentar. Eu teria que me curar se quisesse fazer parte", revelou. Sal acredita que foi por isso que demorou a voltar à Igreja, "porque já havia vivenciado outras experiências de exclusão. Até me sentir amparada pelos meus pastores. Hoje as pessoas no culto não me olham como alguém diferente delas. Eu sou a Sal", finaliza.

Notícias ao Minuto

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou da matéria... Comenta, vai!