segunda-feira, 25 de setembro de 2017

Revista Veja aponta a Paraíba como um oásis em meio a crise que assola o país


A gestão do governador Ricardo Coutinho (PSB) é destaque nacional por driblar a crise e crescer. A matéria está na edição da revista Veja deste domingo (24) e na edição online da revista.

Confira abaixo a matéria

Paraíba é destaque na mídia nacional por driblar a crise e crescer

Em alta – João Pessoa, na Paraíba, o estado nordestino com a melhor nota (Ministério do Turismo/VEJA)

Segurança e solidez fiscal foram os fatores que mais movimentaram o Ranking de Competitividade dos Estados neste ano. Entre os oito estados que mais ganharam ou perderam posições, todos registraram mudanças significativas, e para melhor, em pelo menos uma dessas áreas — a maioria avançou em ambas. O ranking, elaborado desde 2011, teve sua sétima edição divulgada na semana passada.

A análise é feita pelo Centro de Liderança Pública (CLP), em parceria com a consultoria Tendências e com a Economist Intelligence Unit, a divisão de pesquisas e análises do
grupo que edita a revista inglesa The Economist. A análise é feita pelo Centro de Liderança Pública (CLP), em parceria com a consultoria Tendências e com a Economist Intelligence Unit, a divisão de pesquisas e análises do grupo que edita a revista inglesa The Economist.
Rondônia, na Região Norte, foi uma das boas surpresas do estudo. Após ter sido pioneiro em uma parceria com o governo federal para estabelecer um plano de desenvolvimento sustentável, o estado começa a colher os frutos da iniciativa. Já a Paraíba passou a ser o estado com a melhor avaliação no Nordeste em razão de avanços nos indicadores de educação e segurança pública.

O governador Ricardo Coutinho participou nesta quarta-feira (20), em São Paulo, da entrega do prêmio nacional de competitividade. A Paraíba alcançou o primeiro lugar do Nordeste, sendo o único da região entre os dez melhores do Brasil.

O Estado foi um dos poucos que subiram mesmo na crise. No ranking, de responsabilidade do Centro de Liderança Pública, e assinado pela The Economist e Tendências, além de apresentar média maior que a nacional, pulando de 47,8 em 2016 para 49,8 pontos, a Paraíba mereceu destaque nas áreas de educação, segurança pública e sustentabilidade social.

O setor de Educação subiu cinco posições em relação ao ano passado. Em Segurança Pública, saiu da posição 24º para 13º. O evento contou também com a presença da vice-governadora da Paraíba, Lígia Feliciano. e o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin.

O prêmio é realizado pelo Centro de Liderança Pública (CLP), que analisa 66 indicadores, agrupados em 10 pilares. Em 2016, a Paraíba já havia ficado em segundo lugar na categoria infraestrutura, ficando atrás apenas de São Paulo, e em sexto lugar no quesito potencial de mercado.

Sobre o ranking
Em sua sexta edição, o Ranking apresenta a análise e capacidade competitiva de todos os estados brasileiros, além do Distrito Federal, em 66 indicadores, agrupados em 10 pilares. Entre os indicadores, 35 são comparados com dados internacionais de 34 países membros da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE).
10 pilares

Os dez itens analisados são infraestrutura, educação, capital humano, sustentabilidade ambiental, segurança pública, sustentabilidade social, solidez fiscal, potencial de mercado, inovação e eficiência da máquina pública.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou da matéria... Comenta, vai!