terça-feira, 5 de setembro de 2017

NÃO AO SUICÍDIO, "CABRAVÉI"

NÃO AO SUICÍDIO, "CABRAVÉI"
...............................................................
Ninguém Jamais Conseguirá Matar a Vida
(Reynollds Augusto)

Por mais que não tenhamos a consciência disso a vida é Programação Divina, para o aprimoramento dos espíritos. À medida que somos criados por Deus, e isso sempre acontece ,c somos colocados na estrada do aperfeiçoamento até atingirmos a plenitude, que as religiões chamam de “salvação”.

Durante o caminho percalços e dificuldades, alegrias e facilidades, provas e expiações, dependendo da estrada a ser escolhia por nosso livre arbítrio. “A cada um segundo as suas obras” e as suas omissões também. Quem não se empenha ficará para trás.

Segundo a Organização Mundial de Saúde uma pessoa comete suicídio a cada quarenta segundos em todo o mundo. Aqui, no Vale do Piancó, vez por outra o noticiário local dá conta de alguém que se mata,pensando fugir da vida e isso é um ledo engano.

Na maioria das vezes o ato é querer fugir dos problemas, outros, do marasmo e como a vida continua, eles continuarão. Com mais comprometimento, sendo preciso voltar ao proscênio terrestre para recomeçar e se reestruturar, pois é meta da vida que todos encontrem a felicidade real. Como a vida não é obra de ninguém, só Deus tem o direito de dispor dela. Nenhum Estado tem o direito de legislar sobre essa matéria.

O suicídio voluntário é uma transgressão á lei de natural e o involuntário é uma conseqüência da falta de zelo para com o instrumento que Deus nos concedeu para o nosso aperfeiçoamento. Tanto um quanto o outro implicam comprometimentos, na medida das suas responsabilidades.

Nada de pressa, estamos todos na contagem regressiva e tem mais gente para lá do que prá cá. O indivíduo nasceu, começou a morrer. A temporada por essas bandas é curta. Ela nos foi dada para o aperfeiçoamento da razão e o sentimento, as duas asas que nos levam á felicidade real.

“Conhecereis a verdade e ela vos libertará” ( Jesus)

Ninguém consegue matar a vida, não tem jeito. O corpo quase sempre, mas a vida nunca. Infelizmente, uma parte das pessoas não tomou consciência de que ela jamais termina e que sairemos daqui mais comprometidos com as atitudes impensadas. E pensar que as taxas mais elevadas de suicídios acontecem exatamente nas comunidades mais evoluídas materialmente. É que estamos na vida, sem saber o que é a vida e isso contribui.

As aquisições materiais, justas, não preenchem os vazios existenciais. É preciso se movimentar para ser tão feliz tanto quanto o nosso planeta atrasado nos permite e fazer o bem é um dos caminhos. Quando fazemos o bem ao outro esse bem nos faz bem e seguiremos menos grave.

No geral a vida é matemática perfeita, pois Deus não erra e estamos todos nas colheitas, que são obrigatórias, senão por atos desse momento, que é em sua maioria, de experiência transatas, pois para seguir é preciso “pagar” até o “ultimo ceitil”, segundo Jesus. Depois é só alegria.

Ligue-se a Deus e sustente-se “cabravei”! Talvez ainda hoje a vida resolva o seu problema.

Roguemos a Deus força para suportar o fardo que carregamos que a solução está a caminho.

PENSE NISSO! MAS PENSE AGORA MESMO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou da matéria... Comenta, vai!