segunda-feira, 25 de setembro de 2017

Centenas acompanham sepultamento de vereador em Pedra Branca, e outros detalhes sobre o caso

Por Redação da Folha – O corpo do vereador Ardson Herbete Florentino, de 39 anos, foi sepultado no começo da noite deste domingo, 24, no cemitério de Pedra Branca. O parlamentar mirim, que ocupava uma cadeira no legislativo pela primeira vez, tirou a própria vida na noite desse sábado no sítio Saco, onde residia. Ele era casado e deixa um casal de filhos.
            
Muito querido na cidade, a morte de Ardim comoveu a cidade e repercutiu em todo o estado. Centenas de pessoas passaram pelo velório do parlamentar mirim e acompanharam o enterro. O corpo foi velado na residência da família e também passou pela Câmara Municipal, antes de seguir para a Igreja Matriz, onde houve missa de corpo presente.
            
O ato extremo do vereador contra si mesmo surpreendeu a família, que já havia registrado, no passado, momentos igualmente desagradáveis: um avô, um tio e uma tia da vítima também cometeram suicídio, mas ele não demonstrava sinal de desapego à vida, ao contrário, “era uma pessoa alegre demais, onde chegava era sorrindo”, lembra o prefeito Allan Bastos, de quem era amigo. No entanto, nos últimos dias, os familiares o notaram mais caseiro e com ares de preocupação, mas dizia que estava tudo bem.
            
Quem assume no lugar de Ardim na Câmara Municipal é o suplente Rômulo Oliveira, do PROS, que obteve 128 votos nas eleições de 2016.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou da matéria... Comenta, vai!