domingo, 20 de agosto de 2017

Sérgio Cabral responde a mais processos do que Fernandinho Beira-Mar

O placar da 'disputa' está em 14 a 12 para o ex-governador do Rio de Janeiro


Condenado a 14 anos e dois meses de prisão pelo juiz Sérgio Moro, o ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral responde a outros 14 processos, número superior aos dos principais chefes do tráfico de drogas do Rio de Janeiro.


Leia também: Emendas usadas por Temer para se salvar fazem a festa de deputados

O mais conhecido deles, Luiz Fernando da Costa, o "Fernandinho Beira-Mar", do Comando Vermelho (CV), foi condenado em 12 ações penais. Também líderes do CV, Isaías da Costa Rodrigues, o "Isaías do Borel", e Márcio dos Santos Nepomuceno, o "Marcinho VP", foram punidos em seis processos cada um. O levantamento foi feito pelo El País Brasil.

Um dos chefes da Amigos dos Amigos (ADA), facção rival ao Comando Vermelho, o traficante Antônio Francisco Bomfim Lopes, o "Nem da Rocinha", foi punido em nove processos.

Além de estar à frente dos grandes traficantes, Cabral é também o réu que mais responde ações em toda a Operação Lava Jato.

Notícias ao Minuto

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou da matéria... Comenta, vai!