terça-feira, 1 de agosto de 2017

São José de Caiana regulariza pendência e está apta para celebrar convênios com a União

O procurador explicou que a inadimplência ocorreu por conta das gestões passadas, que não cumpriram com as diretrizes estabelecidas pela Lei de Responsabilidade fiscal.


A Prefeitura de São José de Caiana, no Vale do Piancó paraibano, acaba de dar importante passo para o prosseguimento do desenvolvimento: a regularização no Cadastro Único de Convênios, o CauC. A liberação foi obtida pela Procuradoria Geral do Município após recorrer de várias decisões expedidas pela Justiça Federal por mais de 15 anos.

Com isso, a atual gestão passa a estar habilitada para receber os recursos federais e revertê-los em benefício aos caianenses. "Felizmente, obtivemos êxito. Após 15 anos de muita irresponsabilidade, ficou decidido que seria considerado inexistente o cancelamento da inscrição do CauC. No sentido prático, o município agora pode ter as certidões negativas e receber as verbas que forem destinadas, provenientes de órgãos federais. Agora, vamos trabalhar com mais tranquilidade", destacou o procurador do Município, Alan Richers.

O Prefeito José Leite Sobrinho considera que existe grande expectativa nos caianenses para que os problemas existentes na cidade sejam resolvidos o mais breve possível. "É muito natural essa ansiedade e expectativa do povo em querer que as coisas aconteçam rapidamente até porque têm muitas situações que se arrastam há algum tempo. Mas na atual conjuntura econômica-financeira qual vive o país, as dificuldades de acesso aos
recursos existem, ainda mais acrescidas com essas práticas que dificultam os escassos recursos a serem recebidos pela municipalidade. Isso repercute negativamente na administração sem que ela tenha culpa" avaliou.

Desde o início do ano, o Prefeito vem mantendo o equilíbrio financeiro e consegue pagar os servidores do município dentro do mês trabalhado, além da realização de várias outras ações positivas do governo municipal.

DOL 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou da matéria... Comenta, vai!