terça-feira, 29 de agosto de 2017

Morte de jornalista custou 75 mil reais para mandantes, na Paraíba. Saiba mais

Ele morreu no local e as autoridades só chegaram depois que motoristas e pedestres da região acharam o corpo.


A polícia executa na tarde desta terça-feira (29) uma operação para prender suspeitos de matar o radialista Ivanildo Viana, que tinha 51 anos. Ele foi assassinado a tiros em um trecho da rodovia BR-230 em Santa Rita, na Grande João Pessoa, no dia 27 de fevereiro de 2015.

As informações foram divulgadas em primeira-mão pelo radialista Emerson Machado. Os detalhes serão repassados pela polícia ainda nesta terça-feira (29). Sabe-se que a morte do radialista custou 75 mil reais para os mandantes do crime.

Ivanildo Viana trafegava pela BR-230 quando foi morto a tiros, mas não havia pessoas na área que pudessem relatar o que teria ocorrido com detalhes. Ele morreu no local e as autoridades só chegaram depois que motoristas e pedestres da região acharam o corpo.

As investigações se seguiram nesses dois anos, mas a polícia manteve sigilo e nenhum suspeito do caso chegou a ser preso. Os motivos do assassinato também não foram esclarecidos nesse período.

Portal Correio

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou da matéria... Comenta, vai!