quarta-feira, 9 de agosto de 2017

Igaracy está sem secretário de Saúde há quase 3 meses, mas esse não é o principal problema

Por Redação da Folha – Desde o dia 16 de maio que a Prefeitura de Igaracy está sem secretário de Saúde. Já passaram quase 3 meses da saída de Jorge Luiz da pasta e ninguém foi nomeado para substitui-lo. É o próprio prefeito e o coordenador da Atenção Básica que assumiram as demandas da secretaria, mas muita gente não está satisfeita com a saúde local.
            
Nos primeiros seis meses do ano, a Secretaria Municipal de Saúde movimentou mais de 1 milhão e 600 mil reais, e, apesar de todo esse volume financeiro, as queixas da população sobre os serviços de saúde têm aumentado: as pessoas criticam a falta de acesso a consultas especializadas e exames. Faltam também remédios e carro para o transporte de pacientes necessitados de tratamento fora. Nos últimos 30 dias, também faltou médico para o atendimento básico integralmente na semana e não há atendimento no final de semana, conforme relatam moradores.
            
Para a população, o mais importante não é o cargo de secretário está ocupado, mas, sim, os serviços de saúde funcionarem corretamente para evitar que os moradores locais corram penosamente em busca de atendimento em Aguiar, Itaporanga e Piancó.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou da matéria... Comenta, vai!