sexta-feira, 25 de agosto de 2017

Governo Federal libera 1ª parcela dos R$ 6 milhões para construção de açude em Itaporanga

Por Isaías Teixeira/Folha do Vale - A Prefeitura de Itaporanga recebeu, no dia 9 deste mês, R$ 3 milhões de um convênio celebrado, em maio deste ano, com o Ministério da Integração Nacional, para o início da construção de um açude público no sítio Cantinho, no âmbito do Programa Nacional de Universalização de Acesso à Água (Água para Todos).
                
O dinheiro liberado refere-se à primeira parcela do convênio, que é de R$ 6 milhões dos cofres federais e mais R$ 50 mil, de contrapartida municipal. A empresa que vai fazer a obra é a Construtora Construterra e Serviços Eireli-Epp, da cidade de Sousa, contratada sob dispensa de licitação.
                
O novo manancial itaporanguense deverá ser construído em até dois anos e ficará a menos de dois quilômetros de um outro antigo açude do povoado rural, mas ainda não foi informado que comunidades ele beneficiará.
                
Itaporanga é abastecida há mais de três décadas pelo açude Cachoeira dos Alves, que não resistiu à última estiagem e secou totalmente. O problema levou o Governo do Estado a construir, também com dinheiro federal, uma adutora ligando o açude Saco, de Nova Olinda, a Itaporanga, mas ainda não está funcionando.
                
O abastecimento d’água da cidade foi retomado no começo deste ano depois que as chuvas recarregaram parcialmente o açude de Cachoeira, e  a água acumulada é suficiente para alcançar a próxima temporada chuvosa, que deverá ser iniciada em janeiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou da matéria... Comenta, vai!