quarta-feira, 30 de agosto de 2017

Energia da Prefeitura de Coremas é cortada e alguns órgãos municipais também ficaram sem luz


Por Redação da Folha -  Segundo informações apuradas pela Folha, a empresa concessionária de enérgica elétrica cortou o fornecimento da Prefeitura de Coremas nessa terça-feira, 29, por suposta falta de pagamento, e  a sede do poder executivo municipal só está funcionado graças a um gerador, instalado após o corte.
            
Conforme os vereadores Laedson Andrade e Sérgio Lopes, alguns órgãos e equipamentos municipais, a exemplo da Secretaria de Educação e um ginásio esportivo, também tiveram o fornecimento de energia cortado na última sexta-feira, 25, quando os funcionários da concessionária se dirigiram à Prefeitura para desligar a energia, mas o corte não teria sido efetivado porque foi solicitado um tempo para a regularização do  pagamento. No entanto, como a conta não foi paga, o corte ocorreu nessa terça-feira.
            
De acordo com dados do Tribunal de Contas do Estado, a Prefeitura coremense pagou a Energisa, nos seis primeiros seis meses deste ano, a quantia de 176 mil reais. Apesar de todo esse volume financeiro repassado à concessionária, é provável que ainda exista conta em atraso, o que pode ter motivado o corte do fornecimento. Segundo o vereador Sérgio Lopes, a Prefeitura foi notificada do débito em maio e início deste mês, mas não tomou nenhuma providência para evitar o corte. Conforme ainda ele, a Câmara Municipal também foi avisada sobre o problema. Foto: um gerador está mantendo o funcionamento da Prefeitura.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou da matéria... Comenta, vai!