domingo, 20 de agosto de 2017

Em Piancó, vereador-presidente quer afastamento do prefeito por fato anterior à sua posse

Por Redação da Folha – Em sessão na noite dessa quinta-feira, 17, o presidente da Câmara de Piancó, Hermógenes Xavier, subiu à tribuna do legislativo com documentos nas mãos e uma inegável revolta na voz. Foi contundente ao denunciar mais uma suposta irregularidade na Prefeitura piancoense.
            
O vereador-presidente disse que vai pedir o afastamento do prefeito por crime de improbidade administrativa, ao mostrar o pagamento de despesa com combustível para a frota do Samu autorizado pelo gestor municipal, quando ele ainda nem havia tomado posse. “Está aqui a prova, está aqui o empenho: é uma despesa com combustível feita em 2016, quando o prefeito ainda não tinha assumido, e essa foi uma conta particular dele, mas botou para a Prefeitura pagar”, comentou Hermógenes.
            
O presidente da Câmara disse que vai denunciar o caso à Justiça, ao Ministério Público e ao Tribunal de Contas do Estado. "Será mais uma denúncia contra ele, e serão 30 denúncias em oito meses, porque já tem umas 15 e vamos apresentar mais outras 15 denúncias nos próximos dias”, disse Hermógenes, ao classificar a gestão atual de desastrosa e corrupta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou da matéria... Comenta, vai!