sexta-feira, 25 de agosto de 2017

Com pedido do próprio promotor, réus do caso Hulk são absolvidos em Santana dos Garrotes

Por Redação da Folha – O tribunal do Júri da comarca de Santana dos Garrotes absolveu, em sessão realizada na manhã desta quinta-feira, 24, presidida pelo juiz Vinícius Coelho, os réus Elineide Gomes de Santana, residente em Itaporanga, e Antônio Ângelo de Araújo, morador de Pedra Branca, que já respondiam ao processo em liberdade.
            
Os dois eram acusados de envolvimento na morte do mototaxista de Itaporanga, Belisnaldo Soares do Nascimento, conhecido como Hulk, crime ocorrido em 2008, em uma estrada de Santana dos Garrotes. No entanto, não havia provas contra os réus, como sempre sustentou seus advogados Loloza Figueiredo e José Leite, motivando o próprio promotor a pedir, durante o julgamento, a absolvição dos acusados, o que foi aceito pelo Conselho de Sentença. Outras duas pessoas também eram acusadas do crime, mas morreram nos últimos anos.
            
Inocentados do crime, Elineide e Antônio retornaram para casa felizes pela justiça que foi feita, mas nem tudo está resolvido. A advogada Loloza Figueiredo pretende entrar com uma representação por danos morais contra o estado pela prisão arbitrária de Elineide Gomes, que chegou a passar meses presa acusada por um crime que não cometeu, processo que agora se encerra definitivamente com sua absolvição.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou da matéria... Comenta, vai!