segunda-feira, 31 de julho de 2017

Vai ter bolo no 1º aniversário de fechamento do Banco do Brasil de Conceição

Por Redação da Folha – Quem passar em frente à agência do Banco do Brasil de Conceição na manhã desta terça-feira, 1º de agosto, poderá provar de um pedaço do bolo que está sendo preparado especialmente para o primeiro aniversário do fechamento do banco, e não é com gosto que o vereador Edvaldo Ramalho pretende fazer este protesto apetitoso, ao contrário, o motivo é o sabor amargo da revolta pela não reabertura da agência do único banco público que serve a quatro municípios.
            
A agência foi fechada em agosto do ano passado depois de uma explosão no cofre-casa do banco promovida por criminosos. De lá para cá, Câmara Municipal e Ministério Público empreenderam uma luta hercúlea para convencer a superintendência estadual a reabrir a agência, mas, até agora, nada. “Depois de toda a cobrança, reuniões e protesto que foram feitos, o que eles realizaram foi a reforma física da agência, mas não se sabe quando será reaberta, e a coisa está pior, porque os poucos serviços básicos que vinham sendo prestados à população, como abertura de conta, foram restringidos e dificultados”, lamentou o parlamentar mirim.
            
O vereador Edvaldo voltou a criticar duramente a direção nacional e estadual do  banco pelo que ele chama de descaso e desrespeito com quase 40 mil pessoas que dependem da agência, entre as quais servidores públicos, empresários, comerciantes e aposentados. O protesto desta terça-feira é um ato simbólico e objetiva lembrar todo o prejuízo social e econômico que o fechamento da agência do BB acarretou para o município e sua microrregião neste último ano.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou da matéria... Comenta, vai!