segunda-feira, 31 de julho de 2017

ROMPIMENTO? Cássio revela que se fosse deputado votaria pela abertura do processo de Temer

O senador Cássio Cunha Lima foi entrevistado por telefone no programa Master News nessa quarta (26) e  revelou que há uma fratura na relação com o presidente Michel Temer.


De acordo com o senador tucano, caso fosse deputado federal, decidiria pelo prosseguimento da denúncia da Procuradoria-Geral da República (PGR) que acusa Temer de corrupção passiva. “Eu acompanharia o voto de Pedro (Cunha Lima) e votaria pela denúncia. Não tem como ter indignação seletiva. Votei pelo impeachment da presidente Dilma (Rousseff) e o presidente Temer errou, sendo armadilha ou não”, explicou.

Crise e desemprego
Cássio também disse que o Brasil está passando pela maior crise da sua história: “São quatro anos de crise e estamos entrando no quinto ano. O brasileiro não compra mais, ou porque está desempregado, ou porque está com medo de perder o emprego. Infelizmente não há perspectiva de melhoria a curto prazo, uma crise política provocada pelo próprio presidente”.

Romero e Ruy
Sobre o suposto mal estar entre o prefeito Romero Rodrigues e Ruy Carneiro o senador comenta que o PSDB precisa reconhecer a importância de Romero dentro do partido. E de forma indireta, disse que a resolução do impasse deve acontecer com a renovação do diretório prevista para os próximos meses.

Polêmica Paraíba

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou da matéria... Comenta, vai!