quarta-feira, 5 de julho de 2017

Prefeito de Piancó renuncia e outro é empurrado para assumir a bagaceira no consórcio de Saúde do Vale do Piancó


Após a renúncia do Prefeito Daniel Galdino, os municípios consorciados estiveram representados pelos seus respectivos prefeitos, na manhã desta terça-feira (04), para tratar sobre a eleição da nova presidência do Consorcio Intermunicipal de Saúde do Vale do Piancó.

A reunião aconteceu na própria sede do Consórcio, e o Prefeito Jairo Halley de Moura Cruz (PSDB), é o mais indicado para presidir o órgão, sem que haja oposição dos colegas e sob a vontade dos demais prefeitos valepiancoenses, de retomarem os serviços que lá são oferecidos pagos com recursos dos municípios e dos governos superiores. Atualmente ele assumiu a presidência interinamente por força do Estatuto, pois é o vice-presidente que fica no cargo com a renúncia de Daniel.  

Desde o início desse ano, Jairo almejava presidir o Consórcio, sob uma ótica de oferecer melhores condições aos municípios do Vale do Piancó. “Sabemos que a maior fraqueza dos municípios está na saúde, é pouco recurso para muita demanda e o Consórcio é a melhor via que temos para buscar fortalecer esse setor, tendo em vista a sua importante função diante dos municípios consociados. Só precisamos ter foco, responsabilidade e a
união para buscarmos junto aos Governos Estadual e Federal aquilo que merecemos, atenção”, comentou Jairo.

Em Janeiro, Jairo e o Prefeito Allan Basto, haviam articulado para que o novo presidente do Consórcio pudesse ser de outro município, diferente do que acontece desde sua fundação, visando uma repaginada ao órgão, porém, a ex-prefeita Flávia Galdino de Piancó, convenceu os colegas do seu filho, atual prefeito da cidade, que aquele órgão era uma “propriedade de sua família Galdino”, e conseguiu eleger Daniel como presidente. “O Consórcio foi fundado por meu pai, Gil Galdino, é como se fosse um filho nosso. Precisamos de um voto de confiança dos prefeitos para que Daniel possa mostrar serviços à frente dele”, disse Flávia durante eleição em sua sustentação oral.

No ato de renúncia, quatro meses após ter sido eleito Presidente do Consórcio, Daniel argumentou que a entidade apresenta muitas irregularidades e acusou a gestão passada pelos problemas. O prefeito Daniel assumiu a entidade prometendo revitalizá-la, mas surpreendeu ao anunciar sua renúncia no dia 26 de abril, jogando a responsabilidade para o vice-residente que assumiria interinamente o cargo.

Em tempo, a população piancoense havia se manifestado contra o ex-prefeito Sales Lima que colaborava com a idéia de Jairo, em repaginar o Consórcio. Muitos diziam que tirando a presidência do prefeito da cidade, estaria tirando a vida da única grande fonte de recursos da saúde municipal. Agora fica no ar, a indagação do que se passa pela cabeça do cidadão que comungava com esse pensamento.

Conforme o Blog do Cabral, principal fonte de informação eletrônica da cidade de Piancó, Daniel se dispôs em ajudar o ressurgimento do Consorcio, porém irá se dedicar a sua administração.

Estiveram presentes, os prefeitos Divaldo Dantas (Itaporanga), Lourival (Aguiar), Lídio (Igaracy), Allan Bastos (Pedra Branca), Daniel Galdino (Piancó) e Jairo (Serra Grande).
Muitas águas vão rolar...

DOL

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou da matéria... Comenta, vai!