quinta-feira, 6 de julho de 2017

Por ordem da Justiça, 4 são presos temporariamente em Itaporanga suspeitos de crimes na zona rural

Por Redação da Folha – Policiais civis do Grupo Tático Especial (GTE) da delegacia de Itaporanga cumpriram, entre essa terça e quarta-feira, 5,  mandados de prisão temporária contra quatro jovens suspeitos de envolvimento em furtos e roubos na zona rural do município.
                
Os crimes ocorreram nos sítios Varginha, Cantinho e Pé de Serra. Depois de meses de investigação policial, quatro suspeitos foram identificados e, por solicitação da polícia, a Justiça decretou a prisão do quarteto, que é temporária por cinco dias, mas renovável por igual período, ao fim do qual poderá ser convertida em preventiva pelo juiz, caso haja prova suficiente contra eles.
                
Foram presos os irmãos Daniel Lúcio de Malta, conhecido como Galeguinho, e José Lúcio Neto, conhecido como Côco Preto, moradores do Conjunto Miguel Morato, e os primos José Welson Dantas Inácio, apelidado de Alemão, morador do mesmo conjunto, e Márcio Jeyson Vicente Dantas, chamado de Deisin, residente no sítio Cantinho.
                
Os policiais também cumpriram mandados de busca e apreensão em quatro residências, mas nada de relevante às investigações foi encontrado, conforme os agentes policiais. Ouvidos pelo delegado Renato Leite, que conduz as investigações, todos negaram envolvimento nos crimes, argumentando que não praticaram nenhum ato criminoso. Depois da oitiva, eles foram recolhidos à cadeia pública.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou da matéria... Comenta, vai!