quarta-feira, 5 de julho de 2017

Polêmica: Prefeito cobra R$ 40 mil de Luan Estilizado em rede social por não cumprir contrato


Após cancelamento do show de Luan Estilizado no domingo (25 de junho) em Boqueirão, região da Borborema da Paraíba, o prefeito da cidade pede o reembolso do cachê de R$ 40 mil. De acordo com o prefeito de Boqueirão, o show estava marcado para às 23h50 do dia 25 de junho e o artista não cumpriu e o empresário de Luan informou que ele não conseguiria chegar antes das 3h do dia 26. O empresário de Luan nega.

O prefeito de Boqueirão João Paulo Segundo (PSD) publicou no Facebook uma foto do contrato do show de Luan Estilizado junto a uma nota onde diz também que o artista subiu ao palco na madrugada da segunda-feira, 26 de junho, e anunciou que o show foi remarcado para o dia 13 de julho. Entretanto, João Paulo afirma que não houve negociação entre a equipe de Luan e a prefeitura para a nova data.


“Eu jamais concordei quando fiquei ciente na segunda-feira, Boqueirão merece respeito, uma festa numa quinta-feira onde todos são trabalhadores não seria viável. Quem escolhe o dia de fazer festa na nossa cidade não é o cantor que está sendo PAGO e sim o povo que em sua maioria não achou certo numa quinta (sic)”, disse o prefeito em sua página no Facebook.

No mesmo posto o reembolso dos R$ 40 mil é cobrado porque o prefeito João Paulo não vê “necessidade de fazer festa fora de época” e diz que “outros eventos virão e festas também”.

G1PB

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou da matéria... Comenta, vai!