sexta-feira, 14 de julho de 2017

Em Itaporanga, polícia investiga compras irregulares pela internet e faz buscas

Por Redação da Folha – Policiais da delegacia de Itaporanga cumpriram, na manhã desta quinta-feira, 13, mandados de busca e apreensão em residências locais. Os mandados foram determinados pela Justiça, a pedido da polícia. Quatro ao todo, e apenas um não foi possível cumprir porque não havia ninguém em casa.
                
A ação policial faz parte de uma investigação que está em curso na cidade há algumas semanas, depois de queixas registradas por vítimas em Itaporanga e em Sousa. Pessoas procuraram a polícia depois de perceberem que tiveram seus cartões de crédito supostamente clonados e utilizados indevidamente para compras na internet, principalmente de celulares e perfumes.
                
Nas três residências vistoriadas pela polícia foram encontrados produtos dessas compras feitas irregularmente através de cartões clonados, mas apenas um dos três jovens conduzidos à delegacia está sendo apontado como executor da fraude e responsável por revender as mercadorias na cidade. Ele permanece detido na delegacia. Os outros dois foram soltos depois de autuados pelo crime de receptação, que não resulta em prisão por ser considerado de baixo potencial ofensivo, e eles argumentam que não sabiam da origem ilícita dos produtos que compraram.
                
O delegado Rodrigo Pinheiro é quem está lavrando os procedimentos e ainda não teve tempo de conversar com a Folha sobre o caso e dar mais detalhes da operação policial. O dia foi corrido para o delegado, que ouviu testemunhas e envolvidos no caso e os depoimentos se arrastam pela noite. Nesta sexta, o delegado deverá fazer um balanço sobre a operação e prestar informações mais detalhadas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou da matéria... Comenta, vai!