segunda-feira, 24 de julho de 2017

CGU visita cidade do Vale do Piancó pra verificar projeto Casa de Taipa

A CGUPB - Controladoria Geral da União no Estado da Paraíba, está fiscalizando as ações realizadas pelo Município de Piancó através do Consórcio Intermunicipal de Saúde - CISVAP, com relação ao projeto das construções de casas do Programa de Erradicação da Doença de Chagas na cidade de Piancó (projeto “Minha Casa Nova”/FUNASA), na gestão passada. A equipe da CGU esteve nesta segunda-feira (24) no Bairro "Campo Novo", onde visitaram moradores que foram ou deveriam ter sido, beneficiados pelo programa governamental.

A correição é uma das áreas de atuação fundamentais do Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União (CGU) e consiste nas atividades relacionadas à apuração de possíveis irregularidades cometidas por servidores públicos e à aplicação das devidas penalidades. A unidade da CGU responsável por essas atividades é a Corregedoria-Geral da União (CRG).

O projeto deveria realizar construção de casas de alvenaria no lugar das de "pau-a-pique" (casas de taipa) nas cidades de Piancó, Itaporanga, Ibiara, Coremas, Pedra Branca, Santana dos Garrotes, Igaracy, Emas, Aguiar, Nova Olinda e Conceição. Com as irregularidades na gestão dos recursos, até a Polícia Federal esteve em Piancó, onde funciona a sede do Consórcio.

FUNASA 
De acordo com a Funasa, no início das obras na cidade de Piancó (Na gestão passada)
houve denúncias de que a empresa contratada estaria usando mão de obras dos próprios moradores do município de Piancó. 

A fim de sanar qualquer irregularidade que pudesse estar ocorrendo com as obras, foi formada uma comissão com dois engenheiros da Funasa e encaminhadas as denúncias ao Ministério Público do município de Sousa/PB. 

OBRAS 
As obras foram paralisadas e realizaram várias reuniões com os prefeitos participantes do Consórcio, a empresa responsável, o Ministério Público e a Funasa a fim de reparar as pendências que pudessem existir. Após os esclarecimentos, as obras foram retomadas e a Funasa designou dois engenheiros para fiscalização do acompanhamento gerencial do convênio junto com o Ministério Público Federal. 

FINANCIAMENTO 
Os projetos financiados pela Fundação Nacional de Saúde (Funasa) no Vale do Piancó e executados pelo CISVAP, carrega um histórico de irregularidades e obras inacabadas ou não realizadas. 

O financiamento é resultado do convênio nº. 650689 realizado entre a Funasa e o Consórcio Intermunicipal de Saúde do Vale do Piancó (CISVAP). O total do investimento é de 25 milhões e 900 mil reais.

O Blog de Piancó

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou da matéria... Comenta, vai!