sexta-feira, 21 de julho de 2017

CARLINHOS DA FARMÁCIA


Na Pia Batismal recebeu o nome de Carlos Jean Tolentino, mas, mas todos da família e os amigos o chamavam de Carlinhos e cresceu assim, depois os nossos conterrâneos que gostam de colocar no nome das pessoas uma referência, chamavam-no de Carlinhos de João Neto ou de Carmelita...

Foi em Itaporanga, há pouco mais de um ano depois da revolução, em 21 de julho de 1965, que Carlinhos veio ao mundo; filho do ex-vereador João Tolentino Neto e Carmelita Paulo Tolentino, católica fervorosa. Iniciou seu aprendizado em 1972, no Colégio Padre Diniz e em 1980 foi para Bananeiras – PB, onde estudou o Segundo Grau, na Escola Técnica da cidade. Em 1980 serviu ao Exercito Brasileiro.

Com apenas 23 anos, assumiu a responsabilidade de um lar, ao casar-se com Iêda Alvino, com quem teve três filhos: Erick, Valeska e Érica. Tem um netinho por nome de Khaliel. Alguns passaram a chama-lo de Carlinhod de Iêda.

Com um aguçado tino comercial, montou a Farmaérika, que terminou lhe dando nome e por quem ficou mais conhecido: Carlinhos da Farmácia. Ainda hoje, aos cuidados de seu cunhado Ivanozinho, é o maior estabelecimento no ramo de drogas lícidas, claro.

Fundou o Câmara de Dirigentes Logista de Itaporanga – CDL e auxiliou e muito na criação da CDL de Piancó. Sob seu comando, quando foi o primeiro Presidente daquela instituição que congrega os lojista de nossa cidade; daí adveio outro codnome: Carlinhos da CDL.

Teve a ideia de instalar o primeiro provedor de Internet de Itaporanga e do Vale do Piancó. O provedor ainda esta em operação e atualmente pertence a Wanderlei Egídio, que sempre foi o seu técnico, desde a sua instalação inicial.

O seu contato com o mundo das comunicações e a grande rede mundial de computadores, o levou a deixar o ramo de farmácia e criar a primeira loja de Computadores e Equipamentos e Suprimentos do ramo: A Inforcopy Net e lógico, o segundo provedor de Itaporanga, em 2005 e contou para isso com o apoio do prefeito Antônio Porcino.

Cheio de projetos futuristas, era um sonhador com os pés no chão. Esse foi um dos motivos de ser convidado a ser secretário da prefeitura de Itaporanga, no governo dos Sobrinhos (Antônio Porcino Sobrinho, que teve como seu vice-prefeito, José Silvino Sobrinho). Ele, como secretário, planejou a criação do Distrito Industrial em nossa cidade, hoje ocupado por muitaas indústrias têxteis e de cerâmica.

Foi um dos pioneiros da primeira turma de Análise e Desenvolvimento de Sistemas, curso de graduação da UNITER e UNITINS. Aqui em Itaporanga representada e gerida pelo empresário da educação, Antônio Leite de Caldas, carinhosamente chamado de Toim Brita.
Na BR 361, bem próximo a Itaporanga, na via que liga a cidade a Piancó, um fatídico acidente fatal, retira de nosso convívio o grande homem e o excelente amigo Carlinhos. Era tarde de um trágico domingo, quase noite, do dia 20 de fevereiro de 2011. Dizem os espiritualistas que Deus sempre chama, para seu convívio, os bons; os puros de espírito e coração! A morte de Carlinhos chocou a todos, deixando enlutado todos os familiares e o povo em geral. Suas exéquias foram uma das maiores de Itaporanga, só perdendo, por pouco, para as de outro ídolo, o nosso também querido e igualmente inesquecível Padre Zé.

Como o que é bom, dura pouco. Carlinhos, de Itaporanga, em plena juventude, nos deixa sem dar nenhuma explicação. Ficou apenas o seu jeito meigo de criança feliz, em forma de adulto que soube como ninguém, fazer amigos sinceros. Até um dia CARLINHOS. “Qualquer dia amigo, agente volta a se encontrar...”

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou da matéria... Comenta, vai!