quarta-feira, 14 de junho de 2017

Policiais da Paraíba passam a utilizar sistema que identifica objetos roubados

Segundo o secretário Cláudio Lima, os policiais paraibanos serão orientados para, entre outras fontes, consultar o banco de dados do sistema


A partir desta segunda-feira (12), as Polícias Civil e Militar da Paraíba passam a utilizar uma ferramenta que vai auxiliar no enfrentamento dos crimes patrimoniais. Segundo o secretário Cláudio Lima, os policiais paraibanos serão orientados para, entre outras fontes, consultar o banco de dados do sistema ‘Me Pertence’ sobre os bens apreendidos ou verificados durante abordagens, sempre que houver dúvida sobre a procedência de objetos recolhidos.

Por meio do endereço eletrônico www.mepertence.com, será possível realizar consultas on-line de bens móveis como celulares, relógios, bicicletas, quadrículos, ciclomotores, motos aquáticas, máquinas agrícolas e motores, cruzando dados de fabricantes, distribuidores, logistas, proprietários de bens móveis e forças de segurança de todo o país. O acesso foi garantido por meio de Termo de Cooperação Técnica assinado pela Secretaria da Segurança e da Defesa Social (Sesds) e o Me Pertence – Cadastro Nacional de Bens, no dia 19 de maio deste ano.

“As consultas podem ser realizadas em poucos segundos, utilizando o sistema de rádio comunicação do Centro Integrado de Operações Policiais (Ciop), possibilitando que bens
cadastrados no sistema e que estejam nas mãos de terceiros, por via de crimes patrimoniais, sejam devolvidos aos seus proprietários”, explicou Renato de Mendonça Carvalho, diretor presidente do ‘Me Pertence’.

O usuário poderá ser informado automaticamente pelo sistema, via email, sobre local e data de apreensão e poderá reaver o objeto nas unidades policiais.

“Assinamos o Termo de Cooperação Técnica na certeza de que esse pode ser mais um instrumento para otimizar o trabalho os órgãos operativos de Segurança Pública, e contribuir para que objetos que tenham sido roubados ou furtados sejam devolvidos aos seus proprietários, auxiliando na prática de efetivos resultados do trabalho de prevenção e repressão qualificada das Polícias da Paraíba”, disse Cláudio Lima.

Assessoria

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou da matéria... Comenta, vai!