sexta-feira, 5 de maio de 2017

Vários prefeitos do Vale participaram de manifestação nesta sexta na Praça do Meio do Mundo

Por Redação da Folha – Exibindo faixas e distribuindo panfletos, os prefeitos chamaram a atenção dos transeuntes e da imprensa para as dificuldades que passam as Prefeituras em função da queda nas receitas e aumento das responsabilidades financeiras dos municípios impostas pelo Governo Federal.
            
Cerca de 150 gestores municipais do Rio Grande do Norte e da Paraíba, alguns deles do Vale, participaram da manifestação ocorrida durante a manhã desta sexta-feira, 5, na Praça do Meio do Mundo, que fica entre Campina Grande e Boa Vista.
                
Conforme o prefeito de Aguiar, Lourival Lacerda, que participou ativamente do evento, a manifestação começou por volta das 9h com a execução do Hino Nacional e da música feita exclusivamente para o protesto pelo cantor e compositor Amazan. “Por diversas vezes, os prefeitos interditaram a rodovia com faixas e panfletagem, chamando a atenção de todos os motoristas para a grave crise que passam os municípios”, comentou Lourival, ao avaliar positivamente a manifestação. Além dele, prefeitos do Caiana, Igaracy, Itaporanga, Nova Olinda, Piancó e Pedra Branca também participaram da manifestação.
                
Ao fim do evento, por volta do meio-dia, foi elaborada a Carta do Meio do Mundo, onde constam as principais reivindicações dos prefeitos e que será encaminhada ao Governo
Federal. A manifestação foi reforçada pela presença dos gestores dos dois maiores municípios do estado, Luciano Cartaxo, de João Pessoa, e Romero Rodrigues, de Campina Grande, que são pré-candidatos à sucessão estadual no próximo ano.
            
Em outra frente de protestos, os gestores municipais fecharam as sedes das Prefeituras durante os últimos dois dias: na quinta e sexta-feira. Fotos: prefeitos se aglomeram às margens da rodovia; e gestor de Aguiar, Lourival, ao lado de outros prefeitos, notadamente Manoel Jr. e Luciano Cartaxo, vice e prefeito de João Pessoa, respectivamente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou da matéria... Comenta, vai!