sexta-feira, 19 de maio de 2017

TRUQUES PARA INCREMENTAR A MEMÓRIA. ATIVIDADE INTELECTUAL É FUNDAMENTAL


Uma experiência mostrou que é possível aumentar a performance da memória  dos idosos ao mesmo nível que as de pessoas mais novas. A atividade intelectual continua a ser essencial para a manutenção das funções cognitivas.

Por Damien Mascret – Le Figaro Santé

A memória é cada vez menos confiável com a idade, embora haja grandes variações entre os indivíduos. Outro inconveniente, talvez menos conhecido, o fato de que nós deixamos mais facilmente distrair aos 70 anos que aos 20 anos de idade. No entanto, seria possível superar estas desvantagens inerentes ao envelhecimento.

Lynn Hasher, professora de psicologia na Universidade de Toronto (Canadá), efetua há mais de trinta anos, pesquisas sobre a evolução da atenção com a idade. No ano passado, ela publicou os resultados de uma experiência efetuada com duas doutorandas, Renée Biss e Karen Campbell, que confirmou a que ponto os sexagenários e os septuagenários ocupam sua memória com lembranças inúteis. Uma informação trivial pode às vezes ficar por muito tempo onde um indivíduo mais jovem a eliminará rapidamente. Hasher e sua
equipe se perguntaram se não era possível transformar esta fraqueza de atenção em uma vantagem. Os resultados foram publicados no dia 20 de fevereiro na revista Psychological Science .

Em um primeiro teste, os indivíduos deviam se lembrar de uma lista de palavras e restituí-la na ordem. Sem surpresas, os menores de 30 anos foram mais bem sucedidos do que aqueles com mais de 60 anos. Mas onde a experiência se tornou mais surpreendente foi ao demonstrar que era possível aumentar as performances mnésicas dos idosos no mesmo nível que as de pessoas mais novas. Na prática, os pesquisadores projetaram micro-lembretes das palavras utilizadas na primeira experiência, enquanto eles efetuavam um segundo teste visual, que não tinha mais nada a ver com a memorização verbal.

Em um terceiro teste, os indivíduos tiveram que recitar novamente as palavras do primeiro teste. Resultado: uma melhoria da memorização das palavras. Por isso, seria suficiente transformar em distração, os elementos dos quais os idosos querem lembrar (alarmes, Post-it, objetos) e reduzir os riscos de distração quando se trata de executar uma tarefa que exija uma atenção máxima. Mas a atividade intelectual continua a ser essencial para a manutenção das funções cognitivas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou da matéria... Comenta, vai!