sábado, 20 de maio de 2017

Tião Lucena


Apresento-lhes Ticiana, Ticiana Villas Boas, mulher do empresário Joesley Batista, dono da JBS, e apresentadora de programa no SBT. A tadinha encontra-se nos Estados Unidos com o marido, escondida e silenciosa, após sofrer ameaças nas redes sociais. Quem tem coragem de fazer uma coisa dessas?! Como se ameaçar uma pessoa tão frágil, tão coisada, tão lindra!
**
Quem pensou que Joesley, por viver enfiado entre cortes de carnes de boi, de vaca, de bode e de porco, não teria bom gosto, errou redondamente. O rapaz sabe escolher. A moça é verdadeiramente bonita, com todo respeito, é claro.
**
Os homens de fama e os políticos gostam de casar com mulheres vistosas.Vejam os exemplos do Brasil e concordem comigo. Agora tem mulher que não acompanha esses gostos. A mulher daquele sujeito do Piaui, aquele boca de fole, cara de barrão e língua de sapo boi cujo nome me foge agora, por exemplo, deve sofrer pra caramba quando acorda de madrugada e dá de cara com o presepe.
**
Segundo o delegado Miguel Lucena, o presidente Temer cometeu, além dos crimes já citados, o de prevaricação. Ele teria que dar voz de prisão a Joesley ao ouvir a confissão de tantos crimes.
**
E não adianta dizer que ignorava essa prerrogativa, pois Temer é jurista, é Procurador do Estado de São Paulo e conhece as “leises”.
**
Ele não é como aquele ex-prefeito de Cajazeiras, que dizia “as leises são como os alobisomes, que a gente sabe que insiste, mas no entrequanto não hai”.
**
E depois da divulgação do áudio, será que Temer ainda vai se encolerizar e dizer que é inocente?
**
Antes tão falantes, tão assíduos nas redes sociais, tão retratados e retratáveis, os amigos de Temer ainda não apareceram em Palácio ou fora dele para tirar selfs.
**
Lembrar que Temer tem como aliados aqui na Paraíba o vice-presidente do Senado, Cássio Cunha Lima, o líder do Governo, Aguinaldinho Ribeiro, os senadores Zé Maranhão e Raimundo Lira e a quase totalidade da bancada na Câmara Federal.
**
Dos 12 que lá estão, somente Luiz Couto é adversário e agora Veneziano, que contrariou o chefe ao votar contra a reforma trabalhista.
**
E aquele negócio de “Temer dar o anal” que o Globo publicou? Pegou mal. O pessoal lá de Princesa ficou cobrindo o homem de psiu.
**
Vocês que tiveram preguiça de ouvir o áudio com a conversa entre Temer e Joesley, leiam pelo menos. Aqui vai:
Joesley Batista: Queria primeiro dizer: estamos junto aí. O que o senhor precisar de mim, viu, me fala. Queria te ouvir um pouco, presidente. Como tá nessa situação toda, Eduardo, não sei o que, Lava Jato.
Michel Temer: O Eduardo resolveu me fustigar. Você viu que… Eu não tenho nada a ver com a defesa. O Moro indeferiu 21 perguntas dele que não tem nada a ver com a defesa dele. Era pra amedrontar. Eu não fiz nada [inaudível] no Supremo Tribunal Federal. [inaudível] Ele está aí, rapaz… É… [inaudível]
Joesley: Eu queria falar assim. Dentro do possível, eu fiz o máximo que deu ali, zerei tudo, o que tinha de alguma pendência daqui para ali, zerou tudo. E ele foi firme em cima e já estava lá, veio, cobrou, tal, tal, tal. Pronto. Acelerei o passo e tirei da fila. [Inaudível] O outro menino, companheiro dele que tá aqui, né? [Inaudível] O Geddel sempre estava… [barulho] O Geddel é que andava sempre ali, mas o Geddel também, com esse negócio, eu perdi o contato porque ele virou investigado, agora eu não posso, também…eu não posso encontrar ele.
Temer: É, cuidado, vai com cuidado. [inaudível] Não parecer obstrução da Justiça [inaudível].
Joesley: Agora… o negócio dos vazamentos. O telefone lá [inaudível] com o Geddel, volta e meia citava alguma coisa meio tangenciando a nós, e não sei o que. Eu estou lá me defendendo. Como é que eu… o que é que eu mais ou menos dei conta de fazer até agora. Eu tô de bem com o Eduardo, ok…
Temer: Tem que manter isso, viu… [Inaudível]
Joesley: Todo mês. Também. Eu estou segurando as pontas, estou indo. Esse processo, eu estou meio enrolado aqui no processo, assim [inaudível]…
Joesley: É investigado. Eu não tenho ainda denúncia. Então, aqui eu dei conta de um lado do juiz, então eu dei uma segurada, do outro lado do juiz substituto que é um cara que ficou…
Temer: Está segurando os dois…
Joesley: É, estou segurando os dois. Então eu consegui um delator dentro da força tarefa que também está me dando informação. E lá que eu estou para dar conta de trocar o procurador que está atrás de mim. Se eu der conta tem o lado bom e o lado ruim. O lado bom é que dá uma esfriada até o outro chegar e tal, e o lado ruim é que se vem um cara com raiva, com não sei o quê.
Temer: [Inaudível].
Joesley: O que está me ajudando, tá bom, beleza. Agora, o principal… Tem o que está me investigando. Eu consegui colar um no grupo. Agora eu tô tentando trocar…

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou da matéria... Comenta, vai!