sábado, 20 de maio de 2017

Secretaria de assistência social de Santana dos Garrotes realiza ação de combate à exploração sexual de crianças e adolescentes

Ascom
Fotos: Paulo Fotos

A secretaria de assistência social em parcerias com o Conselho Tutelar, escolas municipais fez uma culminância nesta quinta-feira, dia 18 de maio para divulgar o abuso sexual contra as crianças e adolescentes.

O evento foi no centro de Santana dos Garrotes, e contou com profissionais da área.

De acordo com a secretária de assistência social, Cleide Silva, a campanha é de suma importância para desnaturalização do trabalho infantil e da exploração sexual. “É uma forma de conscientizar a sociedade e as famílias dos danos da exploração, do abuso e do trabalho infantil para criança e adolescente e consequentemente para o futuro da sociedade. Criança desprotegida é criança fora da escola. A sociedade tem que denunciar para poder alcançarmos esse público”, ressaltou ela.

Dia D – No dia 18 de maio de 1973, uma menina de 8 anos foi sequestrada, violentada e cruelmente assassinada no Espírito Santo. Seu corpo apareceu seis dias depois, carbonizado, e os seus agressores, jovens de classe média alta, nunca foram punidos. O caso ficou conhecido como “Caso Araceli”.

A data ficou instituída como o “Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes”, a partir da aprovação da Lei Federal nº. 9.970/2000.

Denuncie você também, essa causa e de todos nós um excelente trabalho da secretaria e toda sua equipe.                      

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou da matéria... Comenta, vai!