terça-feira, 2 de maio de 2017

Poeta de cidade do Sertão é campeão de festival 'Vamos fazer poesia' em Pernambuco


O patoense, Ramon Medeiros, foi o campeão no IV Festival 'Vamos fazer poesia', evento cultural ocorrido em São José do Belmonte, PE. O evento ocorreu neste sábado, 29, com cerca de 40 participantes representando os estado da Paraíba, Pernambuco e Rio Grande do Norte. 

A edição homenageou o patrimônio vivo, Zé de Cazuza, e a abertura contou com o show dos violeiros, Valdir Teles e Diomedes Mariano e grandes poetas que abrilhantaram o festival.

O campeão do festival ganhou a publicação de 500 exemplares de seu livro, contendo 100 páginas.

Ramon, que reside na zona rural de Patos, agradeceu pela vitória.

"Gratidão, primeiramente a Deus pelo dom da vida e por todos os outros dons que Ele me empresta; à minha família por me apoiar em todos os momentos; aos amigos que muito me acrescentam no dia-a-dia; a todos os "fazedores" de poesia espalhados pelo mundo afora, principalmente os nordestinos. Essa conquista é nossa! Gratidão a todos que participaram do IV Festival Vamos Fazer Poesia, um evento maravilhoso que com certeza dignifica mais ainda a cultura nordestina.  Todos os poetas e poetisas participantes desta edição do
festival estão de parabéns por registrarem seus nomes no céu da poesia.  Não há vencedor nem vencido, todos sobem juntos ao pódio para elevar a bandeira da cultura nordestina, em especial a poesia cordeliana, que nos une e corre veementemente em nossas veias", comemorou. 

Confira a lista dos dez primeiros colocados no festival: 
1º  lugar: Ramon Medeiros – Patos-PB
2º  Lugar: Silvano Lyra – Olinda-PE
3º  Lugar:  Francisco Maia – Caicó-RN
4º  Lugar:  Magnus Kelly – Caicó-RN
5º  Lugar: Edmilton Torres – Pesqueira-PE
6º  Lugar: Luiz Gonzaga – Limoeiro do Norte-CE
7º  Lugar: Adilson Costa – São Lourenço da Mata-PE
8º  Lugar: João Luckwu – Serra Talhada-PE
9º  Lugar: Maurílio Américo – Natal-RN
10º Lugar Jayres Fernandes – Teixeira-PB

Quem é Zé de Cazuza
José Nunes Filho, conhecido como Zé de Cazuza, nasceu no sítio Boa Vista, na cidade de Monteiro (PB), em 13/12/1929. Começou a frequentar as cantorias aos cinco anos. Aos seis, já guardava versos na cabeça. Quando se mudou para a zona rural de Prata, onde vive até hoje trabalhando também com agricultura e criação de gado, foi vizinho de Zé Marcolino, mestre cantado por Luiz Gonzaga. Em sua casa costumavam ir Lourival Batista e Pinto do Monteiro, dois dos maiores do seu tempo. “Foi ouvindo estes dois que eu comecei a decorar versos. Já fui mais decorador, quando não havia gravador. Agora todo mundo está gravando cantoria. 

Patos Verdade

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou da matéria... Comenta, vai!