segunda-feira, 1 de maio de 2017

O Poeirão


Começando no dia 1º de maio, o Poeirão é uma verdadeira festa que ultrapassou os limites geográficos da Paraíba. O maior evento esportivo do Vale do Piancó e um dos maiores da Paraíba, agrega futebol, música e comidas típicas, no Estádio José Barros Sobrinho, O Zezão. A competição é promovida pelo Atlântida Esporte Clube e tem o apoio da Prefeitura Municipal de Itaporanga, empresários e comerciantes locais.

Idealizado pelo saudoso Heleno Feitosa Costa e alguns amigos, o Poeirão nasceu com o objetivo de homenagear o homem do campo no dia 1ª de maio, Dia do Trabalhador. O Torneio cresce ano a ano, dentro e fora de campo, incentivando as equipes a investirem nos seus elencos, algumas formando verdadeiras seleções. Vale ressaltar que o evento injeta um bom dinheiro na economia local, sem falar na grande presença de lideranças políticas da Paraíba que aproveitam a oportunidade para se auto promoverem.

Ao longo dos anos, o Poeirão ganhou repercussão na mídia local, regional e estadual, com isso começaram a aparecer na competição equipes de todo o Vale do Piancó. O Torneio vem sendo transmitida ao vivo nos últimos quatro anos pela Rádio Comunitária Boa Nova FM, da Fundação Cultural Anália Rodrigues. Vários portais de notícias, como o Portal do Vale, Folha do Vale, Itaporanga.Net, Blog do Ricardo Pereira, Diamante Online, Pre-Temporada, entre outros, trazem notícias do evento.

A primeira edição do Poeirão foi realizada em 1976 e contou apenas com equipes da Zona Rural de Itaporanga. O título ficou com o Catolé de Jotinha, que venceu na final o equipe do Cantinho. O Alvinegro era formado por jogadores do Sítio Catolé, mesclado com alguns reforços da cidade de Piancó. O atual campeão é o Jurema, que venceu o União de Narciso nos pênaltis.

O São Pedro de Vitor é o maior vencedor do Poeirão. O time tricolor conquistou a competição 10 vezes, sendo a última em 2009. Na segunda colocação aparece o Estrela de Emas com seis conquistas. O Tricolor das Emas é a única equipe a levantar o troféu por três vezes consecutivas, 2011, 2012 e 2013. Em seguida vem Cantinho e Jurema com cinco títulos cada. ASA, Badalo, Barrocão, Baton do São João, Beba, Flamengo do Cardoso, Fura-Fila, Internacional de Lagoa Seca, Lagoa do Mato, Papagaio, Santo Antônio de Albino e Tostão, aprecem com um título cada.

Confira abaixo os campeões:
São Pedro de Vitor: 1978, 1982, 1983, 1985, 1986, 1988, 1992, 1995, 2000 e 2009
Estrela de Emas: 1998, 2003, 2006, 2011, 2012 e 2013
Cantinho: 1979, 1980, 1981, 1987 e 1997
Jurema: 2001, 2004, 2007, 2012, 2014 e 2015
ASA: 2005
Badalo: 1990
Barrocão: 1999
Baton do São João: 1984
Beba: 1993
Catolé de Jotinha: 1976, primeiro campeão
Flamengo do Cardoso: 1991
Fura-Fila: 2002
Internacional de Lagoa Seca: 1996
Lagoa do Mato: 1977
Papagaio: 1989
Santo Antônio de Albino: 2008
Tostão: 1994

Em 2016, 40 anos de Poeitão. O atual campeão é a Escolinha Esperança de Itaporanga, do sítio São Pedro do Técnico Ailtom, é o campeão da edição 41ª edição do Poeirão 2016.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou da matéria... Comenta, vai!