segunda-feira, 15 de maio de 2017

Delegado autua quinteto preso pela PM de Conceição acusado de roubo ao BB de Bonito

Por Redação da Folha – Uma ligação anônima na tarde desse sábado, 13, levou policiais militares de Conceição a uma casa na comunidade rural de Maria Soares, que fica a menos de 3 km da cidade, onde foram presos cinco homens acusados de envolvimento no roubo à agência do Banco do Brasil de Bonito de Santa Fé, crime ocorrido durante a madrugada.
                
No local não foram encontradas armas nem dinheiro, mas grampos geralmente usados por criminosos durante a fuga para perfurar pneus de viaturas policias foram achados dentro um caminhão, um dos vários veículos encontrados ao redor da residência.
                
Dez policiais militares da Companhia de Conceição participaram da operação. Entre os cinco presos estão Marcos Aurélio Pinto Ramalho, que é de Ibiara, e Antônio Correia Costa, que é de Conceição, especialmente da Maria Soares, mas residia fora do município. A casa onde o grupo estava pertencem à mãe dele, conforme o delegado Francisco Filho, que apura o caso.
                
Os outros são Ednaldo João de Oliveira, que é de Caruaru; Jonas Anselmo Viana, que é de Campina Grande; e Severino do Ramo Carlisto, que é de Boqueirão.  Depois de presos,
todos foram conduz ao plantão da delegacia de Cajazeiras, que jurisdiciona o município de Bonito de Santa Fé e autuados pelo delegado Francisco, sendo em seguida recolhidos ao presídio de Cajazeiras. Todos negaram envolvimento durante interrogatório.
             
O município bonitense é mais um que ficou sem agência do BB depois que os criminosos explodiram o banco e tocaram o terror na cidade, inclusive disparando tiros contra residências e estabelecimentos públicos e privados para intimidar policiais e evitar possíveis testemunhas. O delegado acredita que mais de duas dezenas de criminosos tenham partipado da ação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou da matéria... Comenta, vai!