terça-feira, 23 de maio de 2017

Curral Velho gastou com auxílio a carentes 3 vezes mais que Itaporanga no 1º trimestre. Vejam nºs

Por Redação da Folha – Dados do Tribunal de Contas do Estado mostram que a Prefeitura de Itaporanga movimentou recursos da ordem de 6,5 milhões de reais nos primeiros três meses deste ano, a maior parte com pagamentos de fornecedores e servidores.
                
Esse volume representa, por exemplo, seis vezes mais o que movimentou a Prefeitura de Curral Velho no mesmo período. Mas os valores se invertem quando o item é gasto em auxílio a pessoas pobres para suprir alguma necessidade imediata, como, por exemplo, alimentar, de transporte, aluguel social ou outro tipo de carência material.
                
Embora dez vezes menor populacionalmente do que Itaporanga, o município de Curral Velho gastou mais de 28 mil reais com assistência a pessoas pobres no primeiro trimestre do ano, enquanto a Prefeitura itaporanguense registrou gastos de, somente, 9 mil em assistência à pobreza no mesmo período.  
                
Outro dado preocupante é que o Fundo Municipal de Assistência Social de Itaporanga movimentou, apenas, 93,5 mil reais entre janeiro e março deste ano, enquanto o Fundo Municipal de Assistência Social de Curral Velho empenhou mais de 220 mil e pagou 167, 4 mil reais no primeiro trimestre.
                
Esses dados preocupam a fundação humanitária José Francisco de Sousa em relação a Itaporanga, que concentra um grande contingente de pessoas pobres e em extrema pobreza, muitas das quais crianças e adolescentes, com enorme carência nutricional e de moradia, necessitando de uma maior atenção do poder público municipal. Foto: Itaporanga e um baixo investimento social.
   

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou da matéria... Comenta, vai!