sexta-feira, 19 de maio de 2017

Caminhada contra o abuso e a exploração sexual de crianças e adolescentes é realizada, em Itaporanga


A Prefeitura de Itaporanga, através da Secretaria de Assistência Social e por meio do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), promoveu uma caminhada chamando a atenção de toda a sociedade para o “Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes”, realizada na manhã desta quinta-feira, 18 de maio.

A caminhada teve como ponto de partida a praça da Igreja Matriz e percorreu as avenidas principais do centro da cidade até o seu ponto final, a praça João Pessoa que fica em frente à prefeitura.

Além da equipe do CREAS, participaram também desta importante ação de conscientização os profissionais que compõem o CRAS e o Serviço de Fortalecimento de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, profissionais de saúde, membros do Conselho Tutelar, bem como alunos de escolas da rede municipal de ensino.



Sobre a data:
A escolha da data é uma lembrança a toda a sociedade brasileira sobre a menina Araceli
Cabrera Sanches, sequestrada em 18 de maio de 1973, aos oito anos de idade, quando foi drogada, espancada, estuprada e morta por membros de uma tradicional família de Vitória – ES.


A data foi instituída como o “Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes” a partir da aprovação da Lei Federal nº. 9.970/2000.

De acordo com a coordenadora do CREAS em Itaporanga, Yáskara Lopes, “Cada um pode contribuir fazendo a sua parte, não se omitindo contra essa ação criminosa e denunciando os casos de que se tem conhecimento às autoridades. Para isso basta realizar o repasse de informações anonimamente até uma unidade do Centro de Referência da Assistência Social (CREAS), Conselho Tutelar ou também através do Disque 100, que é um serviço de denúncias e proteção contra violações de direitos humanos e funciona 24 horas”, finalizou.

Assessoria

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou da matéria... Comenta, vai!