sexta-feira, 21 de abril de 2017

Um dos grandes médicos de Aracaju foi sepultado nessa quarta-feira em Itaporanga

Por Redação da Folha – O corpo do médico Ângelo Diniz Alencar, de 52 anos, foi sepultado na tarde dessa quarta-feira, 19, no cemitério de Itaporanga, sob comoção de amigos e familiares, entre os quais esposa, irmãos e primos, além do seu filho único, que integram a conhecida família Diniz.
                
O médico, que era anestesista e trabalhava no hospital e maternidade Santa Isabel, em Aracaju, capital de Sergipe, onde residia há muitos anos, faleceu no começo desta semana em face de complicações cardíacas. Dr. Ângelo era sobrinho do médico Joaquim Diniz, também de saudosa memória.
                
Ângelo Diniz costumava visitar Itaporanga, onde reside grande parte de sua família, principalmente nos períodos de festas tradicionais, mas, nessa quarta, lamentavelmente, chegou à cidade tão querida por ele em uma urna funerária. Uma morte prematura e que tira da vida e da medicina uma grande figura humana e um competente médico.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou da matéria... Comenta, vai!