quinta-feira, 20 de abril de 2017

Romero troca Santana, Pinto do Acordeon e Alcimar Monteiro por Padre Fábio de Melo,Bruno e Marrone e Luan Santana


Quem for brincar o São João em Campina Grande, este ano, vai ter que se contentar com forrozeiros como Padre Fábio de Melo, Luan Santana, Henrique e juliano,Bruno e Marrone, Alcione, Thaeme eThiago e assim por diante. Nada de sanfona gemedeira, de forró pé de serra, de poesia matuta, de zabumba, de triângulo e de fole de oito baixos.

O prefeito reuniu o distinto público para anunciar as atrações juninas.Vendo o desfile de artistas que se apresentarão durante os 30 dias de festas, fiquei com a impressão de que não se trata de São João e sim de show do Forrock de João Gregório.

Cadê Genival Lacerda, onde está Santana, Pinto do Acordeon, Alcimar Monteiro, os sanfoneiros pés no chão ou na alpercata de rabicho, enfim, os reais inventores dessa festa?

Para não dizer que todos foram esquecidos, deu pra ver que chamaram, de última hora, Elba Ramalho, o prefeito Amazan, os Três do Nordeste e Flávio José. Pouco, muito pouco para uma festa que se nomeia grande e pretende competir com o legítimo forró de Caruaru.

O Sâo João de Campina já vem perdendo terreno para festas menores de tamanho e maiores em qualidade, como as de Bananeiras,de Patos, de Santa Luzia e assim por
diante.

Este ano, em Bananeiras, o prefeito Douglas Lucena vai prestigiar os artistas paraibanos, os deserdados de Romero, os esquecidos por Campina.

Vai ser um contraponto a esse São João de lata do Parque do Povo. E desde logo digo que só não derruba a festa de Campina porque em Bananeiras ela só dura três dias,enquanto em Campina a coisa espicha por 30, e muitos bestas ainda vão até lá  sonhando em aparecer na tela da TV Paraíba.

Tião Lucena

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou da matéria... Comenta, vai!