quarta-feira, 26 de abril de 2017

É do Vale o 1º grande açude a sangrar na Paraíba; e mais 2 regionais estão próximos da sangria

Por Redação da Folha – O primeiro grande açude do Vale e da Paraíba a sangrar neste quadrimestre, segundo dados oficiais do órgão de gestão das águas do estado, divulgados nessa segunda-feira, 24, foi Vazante, que fica no município de Diamante.
                
Depois das chuvas do último final de semana, o reservatório diamantense atingiu sua carga máxima, que é de pouco mais de 9 milhões de metros cúbicos d’água e foi o primeiro a sangrar entre todos os reservatórios monitorados pela Aesa, agência estadual responsável pela gestão das águas.
                
A notícia é boa porque é de Vazante que pode sair, futuramente, a água que vai abastecer as cidades de Boa Ventura e Diamante, a partir da construção de uma adutora com recursos federais e cujas obras já foram autorizadas.
                
Mais dois açudes regionais estão próximos a desaguar: Poço Redondo, em Santana de Mangueira, que está com 79,6%; e Cafundó, em Serra Grande, cujo volume ultrapassa os 62% de sua capacidade.  Se as chuvas continuarem, eles chegarão rapidamente ao volume máximo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou da matéria... Comenta, vai!