terça-feira, 4 de abril de 2017

Divaldo Dantas atende feirantes que protestaram na frente da prefeitura de Itaporanga

Sensibilizado com as reivindicações, Divaldo convidou todos os feirantes do movimento para um diálogo, afim de chegarem a um consenso.


Varios feirantes que trabalham vendendo seus produtos no centro de Itaporanga, foram atendidos no Gabinete do Prefeito Divaldo Dantas, na manhã desta terça-feira (04). Eles protestaram por melhorias no Mercado Público e questionavam suas respectivas localizações comerciais.

Sensibilizado com as reivindicações, Divaldo convidou todos os feirantes do movimento para um diálogo, afim de chegarem a um consenso.

"Nenhum feirante de Itaporanga vai ficar desamparado. Iremos adequar conforme solicita o Ministério Público, o que nós não podermos deixar é que os feirantes se apropriem das vias públicas. Eu já vivi isso e sei bem como é", disse o prefeito.

Os feirantes reconheceram que estão instaladas de forma irregular, porém acreditam que o prefeito possa viabilizar melhorias.

Para Luiz Leite que tem uma banca de verduras no Mercado Público, é das ruas que ele tira o sustento da sua família. "Eu dependo da minha banca para colocar comida na mesa
lá de casa e acredito que a prefeitura não nos deixará desamparados", comentou.

O Mercado Público do Município já existe há mais ds 40 anos, e com a chegada do desenvolvimento à Itaporanga, o mesmo ficou pequeno para comportar todos os comerciantes que lá ocupam.

Para Divaldo Dantas, há uma solução em vista, porém depende de parcerias com outros governos. "No papel de gestor do município, já estou buscando recursos federais para tentar verticalização do Mercado, assim estaremos resolvendo em definitivo esse grande problema", disse.

Ao término da reunião, o prefeito se comprometeu a encaminhar o pedido dos feirantes ao setor de infraestrutura do município, e disse que a intenção é de organizar o Mercado.
Os feirantes agradeceram a atenção do prefeito e disseram que vão aguardar a equipe da prefeitura para mapear melhor as áreas.

Assessoria

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou da matéria... Comenta, vai!