segunda-feira, 27 de março de 2017

Prefeitura de Ibiara aguarda aprovação de projeto para pagar novo mínimo nacional dos professores


Depois alguns questionamentos por conta do projeto oriundo da Prefeitura Municipal de Ibiara, que tinha como objetivo adequar o plano salarial de várias classes do município, a gestão municipal cumpriu o seu papel ao realizar uma reunião para ouvir os professores e se chegar a um comum acordo entre as partes.

Na quinta-feira (16) o prefeito Nenivaldo Barros, os advogados Washington Vitorino e Júnior Remígio, ambos procuradores do município, professores e outros representantes, reuniram-se e fecharam o acordo para que o texto do projeto fosse aprovado, com a prefeitura se comprometendo em garantir os direitos dos educadores e fazer o pagamento do novo piso mínimo nacional dos professores, no valor de R$ 2.875,03.

Na gestão anterior, o ex-prefeito Pedro Feitosa não pagou o reajuste nacional do ano de 2016, apenas no final do ano o então prefeito encaminhou o projeto, pedindo autorização
ao Poder Legislativo para pagar o reajuste.


“Desde que assumi o mandato, eu e minha equipe encontramos uma série de problemas deixados pela administração passada, o primeiro passo é organizar a casa. Dentro dessa organização é preciso corrigir tudo aquilo de errado nos vencimentos dos servidores, sendo que não queremos prejudicar ninguém, muito menos tirar um direito dos servidores. Só queremos regulamentar aquilo de errado”, disse o prefeito Nenivaldo Barros.

Depois do consenso entre o executivo e a classe trabalhista, o projeto foi encaminhado para câmara e aguarda ser apreciado. Sendo assim, o executivo não vai poder pagar o novo reajuste salarial dos professores, referente ao mês de março.

Assessoria

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou da matéria... Comenta, vai!