sexta-feira, 31 de março de 2017

O jogo de empurra da Prefeitura e a barreira que está sumindo


A Prefeitura de João Pessoa joga a culpa no TCE. Antes, a culpa era da Sudema. E assim a barreira do Cabo Branco vai caindo, caindo, até sumir. E quando a barreira cair, quem vai assumir a culpa?

Certamente não será a Prefeitura. De logo, a Prefeitura treina, aponta culpados, tira o corpo fora.

Dona Daniela Bandeira dizia que a culpa era da Sudema. Hildevanio Macedo agora aponta o TCE como culpado. Todo mundo tem culpa, menos quem é verdadeiramente o responsável pelo desastre.

O TCE suspendeu a licitação da Prefeitura porque encontrou vícios. Mandou fazer a coisa direito. A Sudema só deu a autorização depois que a Prefeitura se enquadrou. Tudo agora depende da Prefeitura, mas a Prefeitura nem estudo de impacto ambiental mandou fazer ainda. A coisa está no zero, como estava quando os milhões da República foram devolvidos por falta de projeto para a mesma barreira.

E agora com o prefeito em campanha, a coisa tende a piorar. O prefeito só pensa naquilo e deixa o resto para o sósia. Mas o sósia, que não gosta de solidão, segue os passos do mano por esses ocos de mundo.

Viram o Parque Parahyba? Não faz dois meses de inaugurado e os sacos de lixo enfeiam o passeio dos caminhantes. Se a Prefeitura nem lixo tira, como achar que ela vai socorrer a barreira?

Aguardemos o pronunciamento do TCE. O conselheiro Catão, que suspendeu a licitação, tem fama de valente, de quem não leva desaforo pra casa.

Blog do Tião

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou da matéria... Comenta, vai!