sábado, 4 de março de 2017

Motorista do Samu de Nova Olinda dá fim à própria vida. É 4º suicídio no município em pouco tempo


Com Redação da Folha – Aparentemente bem, o servidor público George Getúlio da Silva, de 32 anos, conhecido como Joca de Cicinho, surpreendeu sua família ao tirar a própria vida no começo da manhã deste sábado, 4, no interior de sua residência, que fica na Rua Maria Neri Teotônio, centro de Nova Olinda.
                
George era motorista do Samu de Nova Olinda e enforcou-se em um dos quartos de sua casa, onde residia com a esposa e um filho. Toda sua família está surpresa e chocada com o fato, assim também como toda a cidade, onde George era uma figura bastante conhecida. Além de servidor público, Joca era goleiro de futebol amador, considerado o melhor da cidade, e costumava jogar em grande parte da região. Os familiares ainda não sabem a motivação do suicídio. Depois do trabalho pericial, o corpo será encaminhado a exame cadavérico em Patos.
               
Do final do ano passado para cá, já foram registrados quatro suicídios em Nova Olinda, um número alarmante para uma cidade tão pequena e em um curto espaço de tempo. Há dois dias, um jovem de 26 anos também cometeu suicídio na zona rural de Santa Inês. O Vale é a regão do país proporcionalmente onde mais as pessoas cometem suicídio.

Ele era irmão do ex-vereador Gilson Getúlio da Silva, da cidade de Nova Olinda, no Vale do Piancó. Joca deixou um bilhete de despedida dizendo que amava a esposa e pedido perdão ao filho, contudo, não explicou o motivo pelo qual estava tirando a sua própria vida.

“Roberta te amo mais que minha própria vida. Você me deu o maior presente da minha vida. Te amo meu filho, papai te ama. Jesus Gabriel, me perdoa. Fica com Deus. Te amo, Roberta e Jesus!”.
Joca era goleiro do Elite, time amador de Nova Olinda. Ele foi campeão do Torneio do São Pedro de Duvan, de Itaporanga-PB, em 2010. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou da matéria... Comenta, vai!