quinta-feira, 23 de março de 2017

Estado Islâmico assume autoria do ataque de Londres

Atentado deixou 40 feridos e quatro mortos nesta quarta-feira


A organização extremista Estado Islâmico (EI) reivindicou a autoria do atentado de Londres, nesta quinta-feira (23). O ataque ao Parlamento Britânico, que deixou 40 feridos e quatro mortos, foi reclamado em anúncio na agência Amaq News Agency. Björn Stritzel, jornalista do Bild, traduziu o comunicado: "Um  soldado do Estado Islâmico realizou o ataque, respondendo a um apelo para atacar cidadãos de estados da coligação [uma referência aos países que lutam contra o EI]".

Nesta quarta-feira (22), horas após o centro da capital britânica ser mergulhado em terror, o ato foi celebrado como "bênção de Londres" em post do perfil Allahu Akbar. 

A conta não apenas comemorou o massacre como postou um diagrama detalhado da ação, desde a ponte de Westminster, onde dezenas de pessoas foram atropeladas, até a chegada do terrorista à casa parlamentar, onde um segurança foi esfaqueado.


Professor de Criminologia e responsável pela divisão de contraterrorismo da Polícia da Turquia, Ahmet Yayla tinha especulado sobre a possibilidade ao traduzir mensagens do EI que dizia “Festejando por #Westminster #Westmattack". 


Leia também: Premiê confirma que autor do atentado era monitorado pelo MI5

Ver imagem no Twitter
Notícias ao Minuto

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou da matéria... Comenta, vai!