quinta-feira, 16 de março de 2017

Em Aguiar, Saúde mobiliza população contra “inimigo” perigoso e dezenas tomam ruas da cidade

Por Redação da Folha – Uma passeata pelas principais ruas da cidade de Aguiar, na manhã desta quinta-feira, 16, reuniu dezenas de pessoas entre estudantes, professores, populares, jovens e membros do serviço público de saúde, entre os quais agentes comunitários de saúde e agentes de combate às endemias, em uma ação pública de conscientização sobre os perigos do mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya e como evitar a sua proliferação.
                
A mobilização social foi promovida pela secretaria municipal de Saúde, que é comandada por Eliana Lopes, e contou com o apoio das secretarias de Educação e Cultura.  A passeata saiu da sede da Saúde e, depois de percorrer várias ruas, levando à população local orientações importantes através de cartazes e cenários móveis, simulando ambientes propícios a não proliferação do mosquito e munindo as pessoas de informações para se precaverem das enfermidades, concentrou-se na praça central, onde o evento ganhou ainda mais corpo e força, com falas e gestos simbólicos na luta contra a dengue e demais doenças transmitidas pelo mosquito aedes aegypti.
             
Conforme a secretária Eliana, a mobilização foi uma das maiores já realizadas na cidade e, além de importante pelo grande número de pessoas que reuniu, também foi fundamental pela boa repercussão que causou na sociedade, alertando e orientando as pessoas sobre os perigos do mosquito e o necessário combate à dengue e demais doenças transmitidas pelo aedes.  “Além do combate direto e diário feito pelos nossos agentes, precisamos também mobilizar a sociedade para que cada uma pessoa seja um soldado nessa luta contra esse inimigo perigoso, por isso a importância de ações como a que foi realizada hoje”, comentou a secretária. Fotos: alguns momentos da mobilização contra o mosquito, entre os quais a fala da secretária de Saúde durante concentração na praça central da cidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou da matéria... Comenta, vai!