quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

Presidente da Câmara de Conceição alega falta de transição para determinar investigação patrimonial

Por Redação da Folha – Em portaria publicada nesta terça-feira, 7, o presidente da Câmara Municipal de Conceição, Samuel Lacerda, que assumiu em 1º de janeiro, constituiu uma Comissão de Avaliação Patrimonial, que terá o objetivo de fazer um levantamento de todos o pertences móveis e imóveis do legislativo.
                
Além da investigação e avaliação sobre todo o patrimônio da Câmara, o presidente também quer saber as condições em que se encontram os bens de propriedade do parlamento mirim. Na portaria, o vereador-presidente justifica a avaliação patrimonial com o argumento de que não houve transição administrativa entre a gestão passada e a atual da Câmara Municipal, ou seja, o novo presidente não teve acessos a informações sobre o patrimônio da Câmara antes de assumi-la.
                
Conforme ainda a portaria, a comissão, que é formada por Juliene Leite de Moura, presidente; e Maria Francineide Alves e Allynn Terla Ramos dos Santos, membros titulares, terá dez dias para concluir o relatório sobre o patrimônio da Câmara.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou da matéria... Comenta, vai!