quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

Otimista quanto à lavoura este ano, secretário de agricultura de Santana dos Garrotes dá seu recado

Por Redação da Folha – Com a experiência de quem militou por muitas décadas na roça, o agricultor Joaquim Ribeiro agora enfrenta o desafio de gerir, como secretário de Agricultura de Santana dos Garrotes, uma área que conhece muito bem e tem usado todo o seu conhecimento como trabalhador rural para melhorar o seu desempenho como secretário. “Tenho procurado fazer um trabalho conversando e me entendendo com os agricultores, e acredito que todos estão satisfeitos, porque o que é possível fazer, estamos fazendo”, diz Joaquim.
           
Conforme o secretário, a principal atividade de sua pasta agora é o corte de terras dos agricultores para o plantio. Conforme ele, cerca de 80% das terras agricultáveis do município já foram cortadas e, até o final deste mês ou começo de março, a aragem será concluída. “Há mais de um mês, estamos trabalhando dia e noite com dois tratores para dar conta de todos os pedidos, e acredito que mais de 200 agricultores já tenham sido beneficiados com o corte de suas terras sem nenhum custo”, comenta Joaquim Ribeiro, ao destacar todo o apoio que tem recebido do prefeito José Paulo.
           
Segundo ele, as terras cortadas se destinam ao plantio de milho, batata e arroz vermelho, principal cultura agrícola dos povoados de Serra Branca e Aroeiras, cujas terras foram as primeiras aradas por se tratar de uma lavoura que precisa de mais tempo e água para se desenvolver e produzir. “Em várias partes do municípo já têm muitas lavouras bem adiantadas e muita gente plantando, porque a terra está bem molhada, e eu estou animado, acredito que as chuvas já estão melhores do que o ano passado, e, no próximo mês, acho que vai chover mais”, comentou Joaquim, ao deixar um recado de otimismo e boa expectativa para o homem do campo:  “este ano, se Deus quiser,  teremos muito legume”, prevê.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou da matéria... Comenta, vai!